FITNESS: Musculação na juventude: Benefícios, riscos e cuidados

musculação na juventude - rep situado.net

Imagem: Reprodução / Situado.Net

Olá, Caros Leitores!

A dica de hoje vai para um público que é cada dia mais frequente nas academias de treinamento de força: os jovens e adolescentes. Grande parte dessa demanda seja, talvez, pelo esclarecimento de certos paradigmas sociais que tratavam a musculação como atividade estritamente destinada a adultos. Hoje, renomadas organizações de medicina esportiva sustentam e apoiam a prática do treinamento de força para meninos e meninas jovens, tamanhos são os benefícios apresentados. Contudo, nunca é demais ressaltar que a introdução dessa população em um programa regular de exercícios com pesos deve estar sempre monitorada por um profissional devidamente capacitado.

Por parte dos jovens, a procura pela musculação está, no primeiro plano, associada à busca por um padrão estético específico e, como consequência, a saúde se beneficia. O perfil muda com o passar dos anos, porém, a estética corporal sempre está atrelada aos objetivos de toda população praticante da atividade física.

Benefícios

Os benefícios do treinamento com pesos, quando praticando com técnica e supervisão adequadas, são inúmeros – e muitos deles já são observados logo nas primeiras semanas de treinamento:

– Maior qualidade do sono;

– Melhora na concentração e raciocínio nos estudos;

musculação na juventude - rep blog corpo e treino

Imagem: Reprodução / Blog Corpo e Treino

– Melhora da autoestima e socialização;

– Controle de peso e taxas hormonais;

– Melhora da forma física;

– Menor suscetibilidade a lesões;

– Melhora da coordenação motora;

– Aumento de força e resistência muscular;

– Aumento da densidade mineral óssea;

– Influência positiva no crescimento estrutural;

– Melhora nas capacidades motoras básicas – saltos, agilidade e potência;

– Aumento do rendimento em práticas esportivas.

Risco de lesões

Quanto aos riscos de lesões associadas à pratica da atividade, podemos afirmar que, comparativamente aos esportes e práticas desportivas (lutas, esportes coletivos e/ou individuais), a musculação apresenta o menor índice. Todavia, algumas ocorrências e relatos exigem de nós, profissionais, a adoção de critérios mais cautelosos e atenção redobrada quando trabalhamos com esse público. Tais casos de lesões, quando investigados a fundo sobre suas causas, geralmente, são ocasionadas por técnica de execução incorreta, excesso de carga dos exercícios ou programas de treino mal estruturados.

musculação na juventude - rep academia oficina do corpo

Imagem: Reprodução / Oficina do Corpo

Portanto, assim como a escolha do profissional para supervisão e planejamento dos treinos é de extrema importância, é fundamental que o jovem faça sua parte e siga respeitosamente as orientações do treinador. Dessa maneira, os riscos de lesões e afastamento da atividade se igualam a zero.

Crescimento

Quanto ao paradigma de que a musculação atrapalha o crescimento do jovem, estudos mostram que tal conceito não passa de crenças infundadas e que, quando aplicado corretamente, o treinamento com pesos auxilia o desenvolvimento ósseo (FLECK E SIMÂO, 2008).

Ao profissional, sugerimos cautela na programação e progressão do treino, maior exigência nas técnicas de execução dos exercícios, supervisão constante nas sessões de treino e nos intervalos de recuperação entre as sessões, bem como acompanhamento da parte nutricional do aluno.

No mais, não só defendo como aconselho e indico a prática da musculação para todas as idades, sexos e objetivos, desde que seja feita sob o olhar cuidadoso de um profissional competente e especializado.

Bom treino a todos… Forte abraço, e até a próxima!

Prof. Esp. Fábio Mendes Gomes Caliaro
Graduado em Educação Física pela UFJF
Pós-Graduado em Musculação e Treinamento de Força pela UGF
Personal Trainer e Sócio-Proprietário da Hyperion Assessoria Esportiva
Tel: (32) 9916-3682 / CREF 010907-G/MG

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *