2ª Meia Maratona Ecológica de Rio Novo é um convite à ação social

Além de percorrer estradas rurais, os atletas são convidados a doar alimentos para uma instituição carente da cidade

O calendário de corridas na região está a todo vapor e, mais uma vez, a prática esportiva se integra ao bem-estar social. Essa é a proposta da 2ª Meia Maratona Ecológica de Rio Novo, uma parceria entre o Programa de Resistência às Drogas e à Violência (PROERD) e o projeto Jovens Construindo a Cidadania (JCC), ambos da Polícia Militar. A prova, com exatos 21.097km de percurso, sendo a maioria por estradas rurais, acontece no dia 09 de março, com largada às 8h30, em frente ao Parque de Exposições, na entrada do município para quem chega de Juiz de Fora pela MG 353.Este ano, os organizadores prometem um circuito 95% realizado em estradas rurais, passando por lagos, cachoeiras e com muita área verde, formada por belas paisagens.

Iniciativa é do PROERD e JCC de Rio Novo (foto: Divulgação)
Ação Social
Outra característica principal da Meia Maratona de Rio Novo é a função social, promovida nas dezenas de corridas realizadas pelo PROERD e JCC há mais de um ano na Zona da Mata – a exemplo da I Corrida Verão de Guarani, em janeiro. Através dessas ações, a Polícia Militar reforça o lema Correndo das Drogas, voltado especialmente para jovens e adolescentes.
“Esses programas existem para fazer com que eles sejam protagonistas de sua própria história e voltados para o caminho do bem. Todos são estimulados a se prevenir desse câncer chamado drogas e a praticar esportes, através de aulas, reuniões e outros exemplos específicos. Na nossa região, o atletismo é um caso particular e merece “, reforça o conselheiro do JCC e ultra-maratonista Cabo Reinaldo Simplício (equipe Real Mercês, colaboradora do evento).

Além de panfletagem, está programada uma arrecadação de alimentos não perecíveis (exceto sal e fubá) durante a corrida. A doação pelos atletas não é obrigatória, mas todos são convidados a participar e ajudar uma instituição carente da cidade.

Atletas antes da largada na 1ª Meia Maratona (foto: Divulgação)
Sucesso da primeira refletido na segunda
 
A Meia Maratona Ecológica de Rio Novo começou através da integração entre vários segmentos e como um incentivo a mais para os participantes, já que, pelo tamanho, o município conta com um ranking onde a maioria das provas tem 7km de percurso e os atletas locais estão acostumados a treinar na área rural.
“O Departamento de Esportes, através do coordenador Jeferson (Feijão), já organizava pequenas provas que reuniam um bom número de atletas, entre eles, um grupo que corria em provas regionais e até em outros estados, pela Equipe Pé de Ferro. Em conversa com o Cabo Ribeiro, instrutor do PROERD Rio Novo, surgiu a ideia de organizar uma prova de maior expressão, pensando inclusive no aumento da visibilidade para a prática esportiva no município”, lembra o corredor Mauro Célio Rodrigues, representante da organização pela Equipe Jaguar.
Para complementar, Cabo Simplício faz uma avaliação geral da 1ª  Meia Maratona. “Foi um sucesso total, refletido na grande procura dos corredores este ano. Agora, nossa expectativa é repetir o resultado e reunir um número expressivo de participantes para que possamos fazer uma verdadeira festa do atletismo”, destaca.

Equipe de JF, prestigiando o evento (foto: Divulgação)
Inscrições

Nessa edição, os cadastros estão sendo feitos exclusivamente pela internet e as principais novidades são a utilização de chip para cronometragem da prova e a entrega de kits aos participantes (camisa, chip,  barra de cereal e hidrotônico ao final da corrida). A taxa é de R$36, com desconto de 50% para corredores acima de 60 anos, e um total de 300 vagas, categorias feminino e masculino, 18 a 74 anos.

Clique AQUI para se inscrever na 2a Meia Maratona Ecológica de Rio Novo. 

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *