ARTIGO: Superando o cansaço e os obstáculos da mente

Muitas pessoas lutam com a rotina e as correrias do dia a dia para conseguir se exercitar e treinar, além da dificuldade comum nos iniciantes de manter a disciplina de corridas regulares e uma alimentação balanceada. No entanto, um grande obstáculo para muitos corredores é a própria mente: no embate com o racional, seu corpo, já exausto, pede para descansar e parar. O cansaço é um grande empecilho no meio de uma prova ou treino. Alguns podem diminuir o ritmo e seguir o resto do trajeto caminhando, enquanto outros enfrentam a dor e seguem em frente, vencendo o incômodo. O que divide as pessoas entre o desistir e o seguir?Certamente, a determinação influencia, mas os obstáculos mentais podem ser vitais na escolha. O pensamento negativo, por exemplo, pode ser uma grande barreira no seu desempenho. Saber administrá-lo é essencial – encontrando um mecanismo que dê certo para você, não tem erro. Seja uma música, uma frase ou até mesmo uma lembrança pode te ajudar a se concentrar e espantar a negatividade. Ter um diálogo sincero consigo mesmo também e fundamental para manter os pés no chão.
Muitas pessoas estabelecem metas rígidas demais ou valores difíceis de serem alcançados, diminuindo o foco do corredor. O estresse causado por esses objetivos inatingíveis pode aumentar sua ansiedade e preocupação antes da corrida. Mantendo metas maleáveis, você aumenta as chances de permanecer positivo e confiante para a prova.
Evitar comparações desleais também pode ser vital: cada atleta tem seu ritmo de desenvolvimento, condicionamento e método de treinamento. Atletas com maior força mental tendem a ter maior foco interno, se concentrando na própria postura, no ritmo e em suas metas.
Vamos praticar saúde!
Pedro Paulo Duarte
profissional de educação física
CREF: 008002-G/MG
* Foto: A Minha Corrida

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *