Atleta de JF integra única equipe brasileira no Desafio Aysén, na Patagônia Chilena

Em quarteto, corredora de aventura Fabiana Duarte enfrenta 420Km até os Andes  

Entusiasmo, força de vontade e uma expectativa enorme de vencer os próprios limites. Esses foram os principais sentimentos demonstrados pela atleta Fabiana Duarte (KTM Bike/Studio FG3) em entrevista na última quinta-feira, 09, durante viagem para o Rio de Janeiro, momentos antes de embarcar para o Chile, rumo ao Desafio Aysén Verano 2014. Além de representar Juiz de Fora sozinha na corrida de aventura, que começou na manhã desta terça-feira, 14, e segue até sábado, 18, ela integra o único grupo brasileiro a participar do evento, com base na cidade de Coyhaique (Patagônia) e a Cordilheira dos Andes como destino.
Fabiana Duarte no Ibitipoca Hard Bike, em agosto (foto: Marcus Cezar)
Em nome da equipe carioca Harpya, formada ainda pelos atletas Diogo de Sordi, Pedro Alex Viana e Fausto Silva, a atleta explica a prova, considerada uma das mais duras da América do Sul. “Consiste em percorrer 420Km, remando em caiaques, pedalando (MTB) e correndo (trekking), non-stop… Tudo isso, se orientando por mapa e bússola, e passando por postos de controle. Também há uma parte de escalada e natação de travessia”. A exemplo deles, outros nove quartetos concorrem ao primeiro lugar da categoria Elite, sendo quatro chilenos, três argentinos, um uruguaio e um misto (uruguaios e argentinos). Os atletas enfrentam o maior percurso da prova, sem paradas obrigatórias.

Reconhecimento, presente e futuro
Já em solo chileno, os brasileiros fizeram questão de publicar o reconhecimento da prova e do clima na Patagônia, na última sexta-feira, 11, pelas redes sociais. “Esperamos completar a prova em quatro dias, e bem, pois é um clima diferente para nós. A temperatura, agora no verão, varia de 35º a graus negativos, à noite. Venta muito. Estamos muito ansiosos”, revela Fabiana.

Pedro Alex, Diogo, Fausto e Fabiana na Patagônia (foto: Fausto Duarte)
Praticante de corrida de aventura desde 2008 e experiente em competições nacionais e internacionais – como a Ecomotion Pro, maior prova de aventura da América Latina, a atleta lembra que o passaporte para o Desafio Aysén Verano 2014 foi conquistado praticamente “em casa”. “Ganhamos a inscrição porque vencemos o circuito Brou Aventuras, que acontece em três provas na região de Minas Gerais, principalmente na Serra do Cipó. Nesse circuito, as provas são mais rápidas, de 75Km a 150Km”.Agora, a expectativa da equipe Harpya é ainda maior, e os planos também. “Nossa pretensão é correr juntos as principais provas do Brasil este ano e participar de uma etapa do circuito mundial”, planeja e conclui Fabiana.

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *