Atletas de Barbacena caíram na folia de momo, com direito a rei e rainha

Grito de carnaval da equipe Calango Runners mobilizou alunos e moradores

Este foi apenas o primeiro de muitos carnavais da equipe (Foto: arquivo Carla Lopes)

Este foi apenas o primeiro de muitos carnavais da equipe (Foto: arquivo Carla Lopes)

Quem pensa que os esportistas não caem na folia está muito enganado e no último sábado, 22, a equipe Calango Runners mostrou para os moradores de Barbacena que tem muito samba no pé. Embalados pelas tradicionais marchinhas, os alunos vestiram fantasias, calçaram os indispensáveis tênis e transformaram o bairro Boa Morte em local de muita alegria e descontração no 1º Carnalango, um grito de carnaval que começou no início da tarde e continuou noite adentro na Rua Tomaz Gonzaga.

Professora dos “Calangos” e uma das fundadoras do grupo de corridas da “Cidade das Rosas”, Fabíola Elias Rodrigues comemorou essa primeira folia de momo. “O Carnalango foi uma oportunidade de interação entre os participantes do Calango Runners e seus familiares, mas acabou sendo estendido para as pessoas que passaram por onde estávamos. Pais e filhos dançaram ao som de muitas marchinhas de carnaval, sambas enredo e axé”.

A coroação do rei (Foto: arquivo Rogério Bergamaschine)

A coroação do rei (Foto: arquivo Rogério Bergamaschine)

Para completar o entusiasmo, uma eleição especial movimentou ainda mais os participantes. “Elegemos o Rei e a Rainha do Carnalango, eles até desfilaram. Os coroados foram Maurício Ferreira e Maria Luíza Santos. Foi sucesso total, com gostinho de quero mais…”, completou.

Com a palavra, a realeza

Muito entusiasmado no final de semana, “Rei Maurício”, que revelou adorar carnaval, ficou surpreso com a escolha. “Eu não sabia que teria eleição e não esperava ser eleito. Foi muito bom, todos me trataram com alegria e muita farra. O pessoal está de parabéns, a festa foi ótima”, pronunciou.

A rainha (Foto: arquivo Márcia Regina)

A rainha (Foto: arquivo Márcia Regina)

Para a “Rainha Maria Luiza”, o melhor presente que recebeu durante o reinado foi o carinho dos “súditos”. “Foi uma experiência que não tenho palavras, tenho um carinho imenso por todos os integrantes do grupo, somos uma família. Gosto muito de carnaval, por cresci com o samba no pé, mas esse foi meu único reinado. Todos me trataram muito bem, como qualquer um que, por ventura, entrar no grupo”, oficializou.

Calangada

A equipe Calango Runners existe desde novembro de 2012 e participa de várias corridas pela região. Além de Fabíola, o grupo conta com a coordenação dos também professores Rogério Bergamaschine e Marcelo Abrantes.

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *