Atletas de JF buscam novos pódios no Fluminense de Corridas de Montanha

* Priscila Oliveira ; Foto de capa: Divulgação / Corridas de Montanha

Depois de enfrentar as etapas de Teresópolis e Lumiar (distrito de Nova Friburgo), os atletas de Juiz de Fora e região disputam a terceira prova do Campeonato Fluminense de Corridas de Montanha. Dessa vez, as já tradicionais modalidades Curto (6km), Longo (15km) e Meia Maratona (21km) chegam ao município de Maricá, no litoral do Rio de Janeiro, prometendo grandes desafios no entorno da Cachoeira do Espraiado. As disputas acontecem neste domingo, 15, a partir de 8h.

fluminense de montanha maricá ida caju esteves - pessoal

Caju Esteves comemorando vitória em Lumiar (Foto: Divulgação)

Confiante no treinamento

Campeão geral do percurso Longo na primeira etapa e 3º colocado na segunda, Carlos José Esteves – o Caju (Inspire/ Corpo e Cia./ JF Mountain Club/ Minas Cell/ Lakshmi/ ACP Suplemento/ Raigiltec/ Grimaldo’s/ Rumo Certo) – pretende recuperar sua vaga no topo do pódio. “Os treinos continuam fortes, alternando musculação e corrida. Na segunda etapa, corri meio inseguro devido à uma torção no tornozelo. Agora para Maricá estou 100% recuperado. Não conheço o percurso, mas sei que é bem rápido, o que me obriga a sair forte para conseguir ficar perto dos primeiros colocados. Confio no que treinei e farei exatamente isso. O resultado será consequência”,  ressalta.

fluminense de montanha maricá ida thais matta - pessoal

Thais Matta: da diversão ao pódio em dois tempos (Foto: arquivo pessoal)

De olho no pódio

Principal representante feminina de Juiz de Fora nos 15km, Thaís Matta (#CorrendoComAsAmigas), que estreou na competição para se aproximar do universo das corridas de montanha, mas surpreendeu a si mesma com os títulos de 4ª colocada na etapa de abertura e vice-campeã na etapa passada, pretende ir além. “Comecei o campeonato querendo participar; agora já estou almejando pódio. Os resultados me empolgaram, porque vi que posso ir bem. Então, estou focando nisso e acreditando mais em mim. Fiquei sabendo que Maricá não é uma etapa muito difícil, mas isso é subjetivo. Quero, em primeiro lugar, concluir a prova bem, sem nenhuma lesão e nenhum outro problema. Em segundo lugar, quero o pódio. Estou preparada”.

Outros conterrâneos

Apesar do calendário do evento ainda estar repleto de disputas até o mês de novembro, quando termina a temporada 2015, vários representantes locais e da região deixam seus nomes gravados nas disputas. Pela categoria Longo, Heraldo Maciel, Gilson Alves Fasolato, Wesley Lilim e Mauro Célio Rodrigues dividem os destaques, enquanto Valéria Mendes Fasolato e Tadeu Classe marcam presença na Curto.

fluminense de montanha maricá ida christofer, marcos e eloiso - pessoal marcos

Christofer Martins, Marcos Pereira e Eloiso André são destaques da Meia Maratona (Foto: arquivo pessoal / Marcos Pereira)

Já na Meia Maratona, os amigos e colegas de equipe Clube Bom Pastor, Eloiso André, Marcos Pereira e Christofer Martins Miranda (que agora disputa a Longo) contribuem para a lista de bons resultados. “Como não estava treinando como gostaria, preferi diminuir a distância, e parece que deu certo. Fiquei em 5º na faixa 40-44 na Meia e fui vice na Longo. Espero me divertir e aproveitar da prova. Pelos primeiros contatos, já deu para perceber que a luta será grande”, pondera Miranda.

Vice-campeão entre os atletas de 50-54 nos 21km da primeira etapa e 3º colocado nos da segunda, Pereira é pura determinação. “Quero o 1º da faixa. Para isso, minha estratégia é alimentação rica em carboidratos há 20 dias, baixo peso, treinamento específico em trilhas e subidas, um pouco de musculação e muita vontade de chegar na frente”.

Calendário

Depois de Maricá, o Campeonato Fluminense de Corridas de Montanha segue para Petrópolis, Ilha Grande, Três Picos, Engenheiro Paulo de Frontin, Penedo, Maromba, Paraty e Sana.

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *