Benefícios da corrida para as crianças

corrida e crianças - getty images - rep eu atleta

Imagem: Getty Images / Reproduzida do Eu Atleta

Muitos pais vem me perguntar quando seus filhos podem ou devem começar a correr. Sempre ressalto que não há uma idade certa para começar a praticar esportes – todos nascem preparados para ter uma vida ativa, mas com os limites adequados à cada idade. Quando as crianças são muito pequenas, a ênfase não deve estar na competição ou nas distâncias percorridas; o importante é o estímulo promovido. Já se foi o tempo em que corrida de rua era considerada uma prática voltada somente para “gente grande”. Nos últimos anos, o número de provas para crianças cresceu significativamente, demonstrando que a modalidade também caiu nas graças da garotada – um exemplo é o Ranking de Corridas de Rua de Juiz de Fora, que conta com várias corridas Kids. O motivo é que os jovens corredores estão descobrindo cada vez mais cedo os prazeres proporcionados pela atividade.

É muito importante incentivar as crianças a desenvolverem o gosto pelas atividades físicas desde cedo, combatendo o sedentarismo e garantindo um futuro saudável. Mas, é preciso tomar alguns cuidados para que o excesso de exercício não atrapalhe o desenvolvimento normal da criança. Por isso, é fundamental a supervisão de um professor de educação física e o acompanhamento de um pediatra. Entre outros benefícios que os pequenos podem obter com o exercício, segundo a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), estão o desenvolvimento da força muscular, flexibilidade, resistência, aperfeiçoamento da coordenação motora, estímulo do metabolismo ósseo, aumento da capacidade respiratória e cardíaca, melhora do humor e do apetite, além de prevenir a obesidade e, a longo prazo, diminuir o risco de hipertensão, diabetes e cardiopatia isquêmica (arteriosclerose). Contudo, o maior benefício é despertar na criança o interesse pelo esporte, independente dela se tornar um atleta ou não. O gosto pela atividade física certamente fará dela um adulto mais saudável e alegre.

corrida e crianças - rep pais&filhos

Imagem: Reprodução / Pais&Filhos

A motivação da família deve ser o carro-chefe para inserir o esporte na vida das crianças. Levar o pequeno à parques e clubes para que ele sempre esteja em contato com a atividade física é fundamental. É cada vez mais importante fazer com que as crianças e adolescentes passem menos tempo na frente da televisão e computadores. Para manter o interesse da garotada na atividade, é fundamental estimulá-los a sempre participarem de competições, lembrando que o foco aqui é socialização, o lúdico, a interação e o aprendizado – e nada voltado para “performance”. Levar as crianças para correr em lugares diferentes e até para praticar outros esportes em conjunto, aos quais elas também se identifiquem, é outra boa estratégia.

Lembre-se sempre de respeitar os limites e preferências da criança. A diversão, o desenvolvimento social e uma vida mais saudável devem ser os principais objetivos. Se associada ao prazer, a atividade física terá sempre espaço na vida no pequeno, também o ajudará a desenvolver melhor outras áreas e, ainda, a buscar novos desafios.

Bora praticar saúde!

Prof. Pedro Paulo Duarte Souza
Especialista em Treinamento Esportivo pela UFMG
CREF 008002-G/MG, Tel:  (32) 9982-9309
personal.pedro.paulo@gmail.com
* Fonte: Sociedade Brasileira de Pediatria / Revista eletrônica Sport Life
** Imagem de capa: Reprodução / Blog do Negralha

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *