Campeão no Sul-Americano da Juventude, Pedro Oliveira é só alegria: “Liderei a prova sozinho”

* Priscila Oliveira ; Fotos: arquivo pessoal

Um dos destaques do Centro Regional de Iniciação ao Atletismo da Universidade Federal de Juiz de Fora (CRIA UFJF), o jovem Pedro Oliveira, de 15 anos, comemora a conquista de mais um resultado importante: o título de campeão nos 2.000m com obstáculos dos Jogos Sul-Americanos da Juventude, realizado em Santiago (Chile), no início do mês. Ele integrou a Seleção Brasileira e garantiu duas das 23 medalhas conquistadas pelo país no torneio.

pedrinho no sul-americano juventude pódio - pessoal

Ele estreou com vitória nos 2.000m com obstáculos e ainda chegou ao topo do pódio (Foto: Rodrigo Dário Diniz)

Se o foco principal era a prova de 3.000m rasos, sua especialidade, uma oportunidade de disputar outra modalidade, já em solo chileno, surgiu como um desafio a ser batido. “Fui liberado pela minha treinadora e acabei aceitando fazer os 2.000m com obstáculos também. Nunca tinha feito essa prova e, quando a disputa começou e passei pelos primeiros 1.000m, pensei comigo: ‘Vou junto com os caras para ver se estou bem’, mas percebi que o ritmo estava fraco e comecei a aumentar. Passei a liderar a prova sozinho e falei comigo mesmo: ‘Não saio daqui sem essa medalha!’. Deu certo; consegui ganhar”, lembrou.

Com o tempo de 6:15.88, Pedrinho, como é conhecido, garantiu medalha de ouro e dividiu a premiação com um colombiano e um equatoriano. A vitória inédita trouxe sabor de “quero mais”. “Gostei dessa prova e agora vou treinar firme para ter outra boa marca nela, ano que vem. Quero conseguir índice para os Jogos Olímpicos da Juventude 2018, na Argentina”. Já nos 3.000m, ele terminou com o bronze. “Peguei pódio. Fiquei em 3º, mas ataquei os caras muito antes e já não tinha mais perna nas últimas voltas. Se tivesse segurado mais um pouquinho, acho que tinha conseguido uma colocação melhor”, ponderou.

gabi e pedrinho - pessoal gabi

Gabriela Fernandes treina Pedrinho há três anos e vê nele uma grande promessa para as próximas Olimpíadas

Treinadores satisfeitos

Segundo a treinadora Gabriela Fernandes, que divide os treinamentos do atleta com o coordenador do projeto CRIA UFJF, Jorge Perrout, a participação do juiz-forano no Sul-Americano da Juventude foi para lá de satisfatória. “Estamos muito felizes; foi uma ótima competição. O Pedro melhorou sua marca em competição nos 3.000m rasos e ainda fez bonito nos 2.000m com obstáculos. Trabalhamos com uma metodologia de treinamento a longo prazo. Por isso, além dos ótimos resultados que vem desempenhando nas categorias de base, prezamos que ele se mantenha em alto nível quando chegar à fase adulta, podendo representar nosso país em várias Olimpíadas”, finalizou, destacando que o pupilo já tinha sido vice-campeão Brasileiro Sub-16 nos 1.000m com obstáculos, no ano passado.

Agora, Pedro Oliveira volta as atenções para os 3.000m rasos dos Jogos Escolares da Juventude, também conhecido como Brasileiro Escolar, que é considerado o maior evento estudantil escolar do país. As disputas acontecem em novembro, em Brasília (DF), reunindo milhares de atletas de 15 a 17 anos.

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *