Carioca de Duathlon mobiliza atletas de Juiz de Fora

* Priscila Oliveira; Foto de capa: Hugo Keyler

alipio suprema 2 - hugo keyler

Alipio Nicolau esbanja simpatia e vitalidade, superando cirurgia no coração (Foto: Hugo Keyler)

A segunda etapa do Carioca de Duathlon acontece neste domingo, 24, no Rio de Janeiro (RJ), e os atletas que representam Juiz de Fora se mobilizam novamente no circuito, que segue até o mês de novembro, com competições sempre na Enseada de Botafogo. Os desafios são de 4,2km de corrida, 16,8km de ciclismo e outros 2,1km de corrida. Entre os representantes locais estão Thiago Rosa (Bikeschool/ Guaraná da Amazônia), diplomado entre os ‘top 10′ masculinos do campeonato no ano passado, e Alipio Nicolau (SaúdePerformance/ Sinditaxijfauxiliares/ Tele Taxi), experiente corredor de rua cada vez mais apaixonado pela modalidade e que volta a esse tipo de disputa um ano após uma cirurgia cardíaca.

Coração valente

Com 45 anos de idade, taxista por profissão e natural do município fluminense de Campo Grande, Alipio Nicolau antecipa que vai “colocar o coração para bater forte” e só pensa em continuar superando os próprios limites. “Comecei no duathlon porque me interessei pela bike, pois pedalar alivia os treinos de corrida e ajuda a aliviar o estresse, evitando lesões. Juntei a correria e a bike, e está aí o desafio: agregar os dois e ‘Alipiar’. A adrenalina vai a 1000 e ano que vem vou para o triatlhon – já estou dando minhas braçadas”, brinca utilizando a expressão que criou em homenagem ao próprio nome.

carioca de duathlon segunda etapa ida - thiago rosa - pessoal

Thiago Rosa quer manter a boa faze na competição (Foto: arquivo pessoal)

Mesmo com o alto investimento nos equipamentos de ciclismo, o atleta não tem dúvidas: quer fazer o melhor possível para se sair bem e dividir essa alegria com a esposa e os filhos, que vão tirar o dia para torcer pelo patriarca da casa e passear pela Cidade Maravilhosa. “Vou levar minha família junto, para se acalmar e distrair. Já participei no Rio três vezes, e agora a expectativa é grande, pois essa é uma prova rápida e intensa, onde a frequência cardíaca vai ao limite – tudo que o médico não aconselhou (kkk). Mas ‘booooora Alipiar’, porque tenho me sentido muito bem. Na quarta (20), fiz um treino de 20km no contra-relógio, com o tempo 36min07s, uma marca excelente, pois foi muito forte e suportei bem; melhor do que eu esperava”.

Em busca dos ‘top 10′

Já Thiago Rosa é enfático: precisa ir bem de qualquer jeito. “Embarco para essa segunda etapa com as melhores expectativas possíveis, pois agora estou um pouco mais experiente no percurso e, por já ter competido quatro vezes nesse mesmo local, espero bons resultados. Como cada prova é uma nova prova, tudo pode acontecer, mas espero ficar entre os 10 primeiros, se Deus quiser”, conclui.

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *