CarnaRun abre folia de momo dos corredores em Juiz de Fora

* Priscila Oliveira

carnarun 2014 - angelica oliveira

Carnarun 2014 (Foto: arquivo pessoal / Angelica Oliveira)

O mês de fevereiro bate à porta e, com ele, dezenas de amigos corredores de Juiz de Fora e região colocam o bloco na rua, agregando a diversão da folia de momo à alegria do esporte. Essa é a proposta do CarnaRun, ideia que surgiu após um treino na Universidade Federal, tomou forma às vésperas do carnaval, ganha um número cada vez maior de adeptos e chega à sua terceira edição como uma das principais atrações para quem deseja aproveitar a maior festa popular do país, mantendo a boa forma e praticando uma de suas maiores paixões: a corrida.

Quem quiser participar dessa festa precisa apenas colocar o tênis, improvisar uma fantasia e comparecer à Curva da Faculdade de Direito da UFJF, neste domingo, dia 1º, a partir de 9h30. Um mini trio elétrico embala os atletas-foliões, que percorrem aproximadamente 5km até a Praça Armando Toschi (Ministrinho), no bairro Jardim Glória, onde a confraternização continua.

Para todos os níveis

Organizadora do CarnaRun, Zânia Coimbra reforça que as atividades são voltadas para todas as idades e não dependem, em nada, de nível técnico. “Não dá para correr muito mesmo, por isso, nós vamos no ritmo da música e na velocidade do mini trio. É super divertido! Dá para levar criança, vovó e quem tiver gosto por folia. É uma corrida em que não é cobrada a inscrição e não temos patrocínio, mas o apoio da Funalfa. Então, como já é tradicional, passamos o boné e recolhemos uma contribuição, que é voluntária”.

Com cerca de 60 corredores em 2013 e 160 no ano passado, a expectativa agora é reunir 300 pessoas. “Estão todos convidados para a mais alegre corrida carnavalesca da cidade. E, por favor, não se esqueçam de se hidratar. O calor está ‘pegando’ e o ideal, se puder, é levar uma garrafinha com água para o percurso. Fantasia também não pode faltar, porque é o que dá o tom, ou melhor, o ritmo da festa”, complementa a organizadora.

carnarun thayse lameirinhas - pessoal

Thayse Lameirinhas foi Rambo  em 2013 (Foto: arquivo pessoal)

Presença fixa

Presença garantida nas provas locais, Thayse Lameirinhas (Corpo em Ação) não abre mão do CarnaRun desde a primeira edição, quando homenageou o personagem Rambo. Já no ano passado, o traje escolhido foi de bombom Ouro Branco. “Não poderia ficar de fora. Gosto muito de carnaval e, junto com corrida, é o casamento perfeito. Já virou data fixa no meu calendário”.

Destacando a força de vontade da organização e o apoio dos próprios participantes para que tudo sempre dê certo, ela só vê vantagens nessa folia esportiva. “Quem está nas corridas de rua, na pilha de bater seu melhor tempo e ter um bom desenvolvimento, tem no CarnaRun a hora de relaxar, colocar sua fantasia, curtir com os amigos atrás do trio e ficar no preparo para o carnaval. É só alegria”, antecipa.

Animação em pessoa 

Querida por onde passa, a simpática Rosália Marliere (Vidativa) é considerada uma das pessoas mais animadas do evento. A explicação para isso pode estar no “Bloco das Mulheres Gato”, criado por ela no ano passado, logo em sua primeira participação.

carnarun 2014 bloco das mulheres gato - arquivo rosalia marliere

Rosalia Marliere (à dir.) e o ‘Bloco das Mulheres Gato’ (Foto: arquivo pessoal)

“Sou animada em qualquer situação e corrida tem muito a ver com a ‘vibe’ da folia, porque as duas promovem a alegria de viver, a reunião de pessoas que se gostam e sentem prazer de fazer coisas juntas, além do gasto saudável de energia”. Com tanto entusiasmo, sua empolgação promete correr solta, mais uma vez. “Este ano, com o WhatsApp, montei o bloco ‘Virgens do CarnaRun’, tudo de maneira informal, para brincar. E a expectativa é de muita diversão. Com certeza, vai ser demais”, acrescenta.

carnarun 2014 guy schimidt e família - pessoal

Guy, Lucca e Fernanda Schmidt: unidos na corrida e no carnaval (Foto: arquivo pessoal / Guy Schmidt)

Folia em família

Quem também estreou nos festejos em 2014, mas em família, foi o corredor Guy Schmidt. “Minha esposa (Fernanda) correu e fui com meu filho (Lucca, agora com 6 anos) no trio. A gente também aproveitou, é animado no carro de som”, brinca.

Sem traje definido ainda, mas certo de que precisa “resolver isso rápido”, o patriarca quer aproveitar ao máximo a companhia dos colegas corredores no domingo. “Gostamos de correr e, num carnaval assim, unimos as duas coisas. A galera da corrida é unida, gosta de confraternização, de estar em grupo, brincar, descontrair. O Lucca ser pequeno atrapalha um pouco, porque requer atenção, mas agora está mais fácil e esperamos cada vez mais gente, alegria e diversão”.

Casal animado

Companheiros na vida e no esporte, Romero Alves e Rafaela Lopes (Vidativa) fazem de tudo para aproveitar cada momento juntos – e, de preferência, com  muita gente querida por perto. O casal participa do CarnaRun pela primeira vez, motivado pelas fotos do ano passado. “Sem dúvida, foi muito divertido toda aquela galera que a gente sempre encontra nas corridas, reunida e festejando… Já participei de uma ‘Choparatona’ (parando de bar em bar com um carro de som, e a galera toda correndo atrás), de confraternização de academia, de aulas com tema de carnaval, e foram muito legais. Por isso, estou esperando encontrar com o povo lindo e alegre da corrida, e festejar. Vai ser ótimo”, declara Rafaela.

carnarun rafa e romero - pessoal rafa

Romero Alves e Rafaela Lopes estão juntos na vida e no esporte (Foto: arquivo pessoal / Rafaela Lopes)

Já Romero enfatiza a motivação do casal com esportes em geral e, principalmente, com festas. “Sempre que temos oportunidade de participar de confraternizações com nossos amigos, ficamos mais animados ainda. Esses momentos de folia são muito bons, pois você conhece mais seus companheiros de corrida e treino, e acaba fazendo novas amizades. A realização desse tipo de evento também é muito importante porque algumas pessoas que não gostam de corrida acabam participando pelo momento de folia, como eu e a Rafa já fizemos, alguns anos atrás, na ‘Choparatona’ – tínhamos alguns amigos que corriam e nós nem pensávamos nisso. Fomos no evento e, anos depois, começamos a correr”.

A caracterização da dupla ainda não está definida, mas a preferência é festejar o CarnaRun com personagens que também formem um casal.

Clique AQUI para acessar a página do CarnaRun 2015.

* O CarnaRun é apoiado por Terrabike, Camorra Tênis, Vidativa, Quality Sports, Loja Academia, Novacaa e Rumo Certo.

Um comentrio
  1. Eliane (Lili)
    Janeiro 30, 2015 | Responder

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *