Ciclistas juiz-foranos analisam experiência na Vuelta a San Juan

* Priscila Oliveira; Foto de capa: Ciclismoenfotos

Sob os comandos do técnico e “conterrâneo” Wolney Morais, os atletas Emerson Santos e Felipe Marques, que defendem a Equipe UFF de Ciclismo (Niterói – RJ) nas principais provas do circuito nacional, analisam sua participação na tradicional Vuelta a San Juan, realizada na Argentina entre os últimos dias 03 e 10.  Ao todo, eles encararam mais de 890km de disputa, divididos em sete etapas pelos municípios de Rivadavia, Albardon, San Martin, Chimbas, Alto del Colorado, Mendoza, Santa Lucia, Difunda Correa e Pocito.

felipe e emerson - div tour do rio

Felipe Marques e Emerson Santos, à frente: parceira dentro e fora das pistas (Foto: Divulgação / Tour do Rio)

Força e sabedoria

“Baiano”, como é chamado Santos, natural de Juazeiro (BA), mas residente em Juiz de Fora, destaca que a busca por resultados expressivos não foi o foco na competição argentina. “Uma prova internacional como o Tour de San Juan precisa de pelo menos três meses e meio se preparando a fundo – 3, 4, 6 horas na estrada por dia. Eu e todos os integrantes da equipe paramos para descanso no fim do ano, de 25 a 30 dias. Só assim, o corpo já perde muito condicionamento. Voltamos de férias e, com cinco treinos, viajamos. Fomos para fazer uma boa base como preparação para os próximos desafios”.

Segundo Marques, o próximo destino  do grupo fluminense já está traçado: trigésima edição do Torneio de Verão de Ciclismo, dia 18 de fevereiro, no Litoral Paulista. “Vivemos outra experiência na Argentina, com muito vento e pelotão muito grande, com quase 200 atletas. Mas, valeu a pena. Enfrentamos voltas longas, com etapas de alta quilometragem. Nível alto faz com que ganhemos mais carcaça; o corpo fica mais resistente ao sofrimento e nos mostra que não temos limite – a cabeça muda, a musculatura muda… Força sem sabedoria não vale nada; para andar no vento cruzado exige muita sabedoria, força e um bom posicionamento na frente do pelotão”, analisa.

Treino de luxo e sonho de Seleção

Para o técnico Wolney Morais, que treina a Equipe UFF, o objetivo do grupo foi cumprido. “Viemos com o intuito de rodar quilometragem e pegar ritmo. Nesse quesito foi perfeito, pois foi uma semana de muitos quilômetros e muita velocidade nas pernas. Foi um treino de luxo que, com certeza, vai refletir positivamente na temporada inteira. No Brasil, as competições começam no final de fevereiro e, aqui na Argentina, Uruguai e Chile, a temporada está a 100%. Mas, nossos atletas bateram guidão na ponta do pelotão e voltaram para casa com uma experiência fundamental para a carreira deles”, avalia.

uff e wolnei morais - div copa rio de ciclismo

Wolney Morais, à esquerda, com Equipe UFF (Foto: Divulgação / Copa Rio de Janeiro de Ciclismo)

Enquanto a equipe fluminense também foi representada pelos ciclistas Adélio Silva, Junior Max, Raphael Mesquita e Vitor Damian, e todos já voltaram aos treinos em solo brasileiro, o treinador juiz-forano permanece em terras argentinas – dessa vez, para encarar seu mais novo desafio: o de treinar a Seleção Brasileira para o Tour de San Luis, que acontece entre os dias 17 e 24, também na Argentina. “Estou aguardando a Seleção Brasileira chegar para disputar a competição mais importante da América do Sul, com equipes ‘Pro Tour’ vindas dos Estados Unidos e Europa. Vou encarar essa oportunidade com o mesmo profissionalismo com que atuo na Equipe UFF, com as mesmas diretrizes e com objetivos distintos”.

Wolney dá detalhes sobre como pretende atuar junto à Seleção. “É uma oportunidade que todo técnico almeja ter e vou aproveitá-la ao máximo, fazendo de tudo para prolongá-la o máximo possível. Na UFF, temos o calendário do Rio e o nacional para cumprir, já na Seleção, a CBC (Confederação Brasileira de Ciclismo) tem dois objetivos: os Jogos Olímpicos e um projeto a longo prazo, que faremos basicamente com atletas Sub-23, intercalando-os com atletas mais experientes e em provas fora do país”, finaliza.

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *