Correndo bem uma maratona

correr maratona - rep dicas de corrida

Imagem: Reprodução / Dicas de Corrida

Esse é o sonho de muitas pessoas e, certamente, também é o meu. Uma maratona não é para qualquer um, e demanda muitos cuidados para que você consiga correr bem todo o percurso, sem lesões, cansaço e problemas no organismo. Parecer ser uma coisa muito difícil correr 42km. No entanto, se você tiver paciência e dedicação, seu corpo conseguirá se adaptar às mudanças de treinos e aos aumentos na quilometragem e intensidade. Se acelerar esse processo, você pode acabar se machucando ao invés de se fortalecer. Dessa forma, você diminui a chance de sofrer com lesões e ajuda seu corpo a responder com facilidade aos estímulos oferecidos pelo treinamento.

A Maratona do Rio de Janeiro, que acontece neste domingo, 26, por exemplo, traz diversas distâncias, para todos os gostos (e níveis): 6km, 21km e 42km. Então, agora é hora de pensar na sua estratégia de prova. Todo corredor precisa de um plano para competir, não importa qual seja a distância. É necessário pensar em tudo, desde roupa até transporte para a largada, alimentação, hidratação, aquecimento, ritmo de prova etc.

correr maratona hidratação - rep cardiomed saúde

Imagem: Reprodução / Cardiomed Saúde

Sem contar os treinos em si, que devem estar em andamento há meses, alguns cuidados especiais na semana e, principalmente, no dia que antecede a corrida, fazem toda a diferença. O ideal é procurar dormir bem, não só nos dois dias que antecedem a prova, mas em toda a semana dela. Com isso, conseguimos algo fundamental, que é melhorar os estoques de substratos energéticos. O mesmo vale para a hidratação, que merece ainda mais atenção nessa reta final.

Desde o dia anterior, capriche nos carboidratos e proteínas, deixando de lado alimentos muito gordurosos e o álcool (diurético). Nada de correr em jejum! No café da manhã pré-prova, renove seus estoques de energia com carboidratos simples e complexos (integrais), mas sem exagerar nas fibras, que podem provocar desconforto intestinal. Não deixe de se hidratar o tempo todo – antes, durante e após a atividade. E nem pense em testar uma alimentação nova bem nesse dia… Minha sugestão é que não se mude o que é feito nos treinamentos, porque isso pode gerar incômodo durante a prova. Tudo em relação à suplementação ou utilização na corrida já deve ter sido testado antes – e, se deu certo, mantido durante a prova.

correr maratona - rep loja de tênis esportivos

Imagem: Reprodução / Loja de Tênis

Tente desviar o pensamento para outras atividades, mas, quando pensar no desafio, visualize um desempenho perfeito, desde a largada até a chegada. A ansiedade é algo normal para inciantes, e só com experiência vai se tornando menos problemática. Controle o ritmo principalmente nos primeiros quilômetros, já que a empolgação da largada pode fazer com que você exagere e fique faltando exergia para o final. Não se preocupe com tempos. A primeira prova serve de aprendizado; só nas próximas os resultados devem ser melhorados.

Com os treinos e a fase de polimento em dia, alimentação e ansiedade controladas, corra com alegria e divirta-se. Faça festa na chegada, pois você é guerreiro, e merece!!!

Boa prova a todos, e bora praticar saúde!

Prof. Pedro Paulo Duarte Souza
Especialista em Treinamento Esportivo pela UFMG
CREF 008002-G/MG, Tel:  (32) 9982-9309
personal.pedro.paulo@gmail.com
* Imagem de capa: Reprodução / Coaching Afetivo

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *