Corrida da Primavera tem vitória de Matheus Batista e Nayara Moreira

*Reportagem: Priscila Oliveira

Quando chegou à segunda edição, em maio, a Corrida do Outono, no Restaurante Tradição Mineira, deu tão certo, que abriu apelos para que outras provas tivessem como pano de fundo as características climáticas do ano. Dessa forma, foi criado o Circuito das Estações de Trilhas, em Juiz de Fora, seguido da Corrida do Inverno, no Cantinho da Cachoeira, em julho, e da Corrida da Primavera, realizada neste domingo, 20, com largada e chegada no Graal, nas imediações do bairro Nova Califórnia.

Dupla campeã

Com percurso principal de 10km, a disputa levou Matheus Batista ao topo do pódio na competição pela segunda vez consecutiva, com o tempo de 30min56s. Ele foi seguido por Rogério Filho (Super Amigos), Fábio Netto, Marcos Aurélio Vieira e Luiz Carlos da Cruz Júnior (Sliskid) na classificação geral. “Ganhei a Corrida do Outono e cheguei bem tranquilo aqui. Usei a prova mais como um treino, porque esse é um tipo de corrida que não estou acostumado. A minha especialidade mesmo é o asfalto, mas também desembolo bem na trilha. Eu nunca tinha parado aqui no Aroeira, por incrível que pareça. Teve alguns morros enjoados, mas consegui contornar. Agora estou treinando para encerrar bem o Ranking de Juiz de Fora e iniciar 2020 com projetos novos, como algumas corridas no Rio de Janeiro e Belo Horizonte”, pontuou o campeão.

O atleta venceu o circuito pela segunda vez, enquanto a corredora estreou na liderança feminina da competição (Foto: Hugo Keyler/Rumo Certo)

Na categoria feminina, Nayara Moreira (ProFit Running) completou o trajeto em 42min15s e chegou na frente de Eronilda Nascimento (2º), Marli Rocha (Anjos Terra e Céu, 3º), Adriene Orsay (ProFit Running, 4º) e Lilian Novais (ProFit Running, 5º). “Estou num ritmo seguido de provas (semana passada ganhei uma corrida em Juiz de Fora e outra, em Três Rios), contando com um pouco de sorte e com a dedicação aos treinos. O Aroeira é sempre bem técnico, um percurso difícil. Estava seco, então, tinha muita pedra e alguns trechos escorregadios. Não deu para acelerar muito, mas, dentro do possível, tentei abrir um pouco de vantagem. Teve muita subida de morro, foi duro, mas que bom que eu consegui chegar na frente e ainda ser premiada com as minhas amigas de equipe. Agora vou colocar os quilômetros em dia e me preparar para fazer uma boa pontuação na corrida da Ascomcer, domingo que vem”, destacou a primeira colocada.

Dessa vez, os desafios incluíram a conhecida trilha do Aroeira, no Nova Califórnia. Em 2020, o Circuito terá as quatro estações e algumas novidades (Foto: Hugo Keyler/Rumo Certo)

Quatro estações

Organizador, Marcelo Machado Montenegro comemorou o desempenho do Circuito das Estações de Trilhas e fez questão de adiantar algumas novidades para o próximo ano. “Graças a Deus, deu tudo certo e correu tudo bem. Eu estava muito preocupado em ter algum acidente com os atletas, mas a corrida foi bacana, conseguimos atingir um bom número de participantes e todos gostaram. Teve muita emoção, muito morro, muita subida e muita coisa gostosa. Em 2020, começaremos com a Corrida de Verão, no dia 26 de janeiro, e teremos um Circuito completo, com uma prova a cada estação. Faremos uma mandala, composta pelas quatro medalhas do ano, e quem participar de todos os desafios ainda vai ganhar uma camisa especial do Circuito na última etapa”.

CLIQUE AQUI para conferir os resultados da Corrida da Primavera.

* O Rumo Certo é a mídia oficial de divulgação e cobertura fotográfica deste evento e de todas as etapas do Circuito das Estações de Trilhas.

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *