CORRIDA E CAMINHADA: Ajuste seu corpo e treino ao horário de verão

ajustar treino no horário deverão - rep acorpato

Começou o horário de verão, fato esse que significa desconforto para a maioria das pessoas, principalmente nos primeiros dias – isso porque, o organismo não está acostumado à nova rotina e cada indivíduo responde de uma maneira à adoção do novo horário, podendo variar de 10 a 15 dias a adaptação de cada organismo. Para que não tenha grande impacto na rotina, é indicado realizar mudanças em hábitos noturnos, principalmente daqueles que realizam atividades físicas nesse período. Em geral, recomenda-se não fazer séries muito pesadas de musculação antes do horário de dormir, uma vez que isso pode afetar a qualidade do sono, levando a alterações de humor, sonolência, cansaço e irritabilidade no dia seguinte.

Sono que leva ao estresse

ajustar treino no horário deverão - rep você realmente sabia - g1

O sono é realmente a principal dificuldade no período de adaptação, pois muitas pessoas se sentem sonolentas durante o dia todo. Isso ocorre porque alterações hormonais no organismo influenciam diretamente na preguiça, no cansaço e no humor. O descontrole na produção da melatonina (hormônio do sono), ocasionada pela redução do tempo de cansaço, repercute nas reservas corpóreas da substância. Com isso, há o aumento da produção de cortisol (hormônio do estresse) e, dessa forma, o humor é afetado nos primeiros dias do horário de verão.

Cuidado com a alimentação

A parte nutricional tem um papel muito importante durante esse processo de adequação horária. O segredo é apostar em alimentos que facilitam a produção do hormônio do sono. A ingestão alimentar de triptofano (aminoácido) e de carboidratos é recomendada. Ácido fólico, vitamina B6 e magnésio também são essenciais, juntamente com o consumo de frutas, sucos naturais, cereais integrais e vegetais.

ajustar treino no horário deverão - rep muriel cosméticos

Além disso, fracione a alimentação, realizando de 5 a 6 refeições por dia. Evite refeições muito volumosas ou ricas em gorduras, sódio e açúcar. A ordem é ingerir bastante líquido e evitar café e bebidas com cafeína no período noturno, para não atrapalhar o sono. Deite na cama mais cedo, mesmo que encontre dificuldade para dormir – o ambiente calmo e tranquilo fará com que seu corpo relaxe e descanse, contribuindo, assim, para um sono melhor.

Vamos nos cuidar, e bora praticar saúde!

Prof. Pedro Paulo Duarte Souza
 Especialista em Treinamento Esportivo pela UFMG
CREF 008002-G/MG, Tel:  (32) 9982-9309
personal.pedro.paulo@gmail.com
* Imagens: Reprodução Web/ Acorpato / Você realmente sabia? – G1 / Muriel Cosméticos

 

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *