CRIA SESI UFJF comemora vagas para a Seleção Brasileira de Atletismo e pódios na 1ª Corrida Expo Matias

* Reportagem: Priscila Oliveira; Foto de capa: João Victor Macedo nos 80m com barreira (Divulgação / Jogos Escolares da Juventude)

atletismo cria sesi ufjf raphaela diesse - div jogos escolares da juventude

Raphaela Diesse no lançamento de dardo (Foto: Divulgação / Jogos Escolares da Juventude)

Os atletas do Centro Regional de Iniciação ao Atletismo SESI UFJF tem muitos motivos para comemorar, depois de um final de semana recheado de boas atuações. Enquanto Raphaela Diesse e Luís Maurício conquistaram medalha de prata no lançamento de dardo dos Jogos Escolares da Juventude, em Londrina (PR) – e, com isso, garantiram duas vagas para a Seleção Brasileira de Atletismo, Robison Gomes deixou seu nome gravado na história da 1ª Corrida Expo Matias, em Matias Barbosa, não só pelo campeonato geral dos 5,5km (em 17:27.7), mas por subir no pódio masculino ao lado dos companheiros de equipe Adan Arroio (4º, 18:28.1) e Fernando Rodrigues (5º ,18:45.6).

Gratidão sem medida

Praticante do lançamento de dardo há quase dois anos e meio, Raphaela Diesse não esconde certo descontentamento com a marca de 42 metros na competição em solo paranaense. “A conquista não foi exatamente o que eu esperava, pois pretendia conquistar o primeiro lugar. Não foi dessa vez, mas estou feliz por ter participado e conseguido minha colocação, porque também melhorei minha marca em 4m. Este ano, vou ter o prazer de conquistar um dos meus sonhos no atletismo, participando do (Campeonato) Sul-Americano”, revela e antecipa sobre seu próximo grande desafio, entre os dias 07 e 09 de dezembro, em Aracaju (SE).

luís maurício e rapha diesse - arquivo raphaela diesse

Rumo à Seleção: Luís Maurício e Raphaela Diesse (Foto: arquivo / Raphaela Diesse)

Mas os planos dela não param por aí. “Pretendo participar de muitos mundiais e Olimpíadas quando estiver mais velha. Até lá, gostaria de dedicar minha medalha ao meu professor, Jefferson Verbena, que está sempre comigo, me apoiando nas etapas mais importantes da minha vida no atletismo, à minha família e aos amigos, que sempre me dão forças para continuar”.

Enquanto Luís Maurício alcançou a prata pela marca de 44m95, os colegas Noemi Alves e João Victor Macedo alcançaram o sexto lugar nos Jogos Escolares da Juventude – ela nos 1.000m, com 3min14s, e ele, nos 80m com barreira, 11s90.

A segunda etapa da competição, considerada o maior evento esportivo estudantil do país, está prevista para 6 a 15 de novembro, em João Pessoa (PB). Essa fase é voltada para disputas entre participantes de 15 a 17 anos.

Dominando Matias

Atleta que vem se destacando cada vez mais nas provas da região e pelo país afora, Robison Gomes une o título de Matias à quebra de um recorde mineiro da década de 1970 nos 1.500m meio fundo do Campeonato Brasileiro Menor, em maio, quando foi vice-campeão, ao 5º lugar geral da corrida Speed of Sound em Juiz de Fora, também em maio, e à vitória nos 800m dos Jogos Escolares de Minas, no mês passado.

“Nem iria para a corrida, porque fiz um treino teste antes. Só que conversei com meu treinador e ele disse que eu poderia participar, mas correndo focado e segurando para não quebrar, porque isso vai melhorar meu rendimento para o Campeonato Brasileiro Inter-Seleções, em Recife, daqui a duas semanas. O percurso de Matias foi muito bom, bem similar ao de Juiz de Fora. A única diferença foi que o clima, mesmo sendo duas cidades próximas, estava bem diferente. Lá estava muito quente. Já achava que pegaria pódio, mas depois do segundo quilômetro, vi que alguns corredores não estavam bem, fui em frente e deu certo”, destaca.

cria ufjf sesi em matias - hugo keyler

O campeão Robison Gomes (165) com colegas de equipe em Matias Barbosa (Foto: Hugo Keyler)

Além dos atletas premiados, o CRIA SESI UFJF também foi representado na prova por Neemias Alves, Danilo Leonel Alves, Lucas Macedo, Pedro Henrique Oliveira, Erick Silva, Gabriela Fernandes (vice-campeã geral feminino), Jordana Rezende e Tainara Zancaneli.

Bons frutos

Através da assessoria de imprensa do CRIA SESI UFJF, o coordenador do projeto, Jorge Perrout, se disse satisfeito com a nova fase do atletismo na cidade.

“Nós nunca havíamos conseguido estar numa Seleção Brasileira. Esse é um momento único, que mostra como estamos consolidando nosso centro de treinamento e como o atletismo tem futuro em Juiz de Fora. É muito importante para nós e, principalmente, para os atletas, que estão se dedicando tanto, serem reconhecidos pelo trabalho que estamos desempenhando. Nosso município é um celeiro de grandes talentos e é importante existir um projeto como o CRIA para que eles não sejam desperdiçados. Ficamos extremamente felizes e satisfeitos com os resultados”.

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *