Cuidados com a prática de atividade física no inverno

treino no inverno alongamento - rep get shape

Imagem: Reprodução / Get Shape

Estamos nos aproximando da estação mais fria do ano. Algumas pessoas adorariam hibernar, porém, isso não é possível, pois é prejudicial à saúde. Com a interrupção das atividades físicas e o aumento do consumo de alimentos calóricos, podemos fragilizar drasticamente nosso organismo, então, não devemos ficar parados. Com a prática regular de exercícios físicos, aumentamos nossa resistência biológica. Mas, alguns cuidados devem ser tomados durante a prática de exercícios para evitar possíveis lesões e, até mesmo, algumas patologias.

O aquecimento antes de começar o treino ganha mais importância no inverno. Além de aumentar a temperatura corporal, ele lubrifica as articulações e ajuda a prevenir lesões. A forma correta de aquecer é combinar alongamentos dinâmicos, realizados de forma lenta e em todos os planos, com uma caminhada ou bicicleta de forma lenta a moderada, por aproximadamente 10 minutos.

O aquecimento é importante, pois:

- Aumenta a mobilidade articular;

- Aumenta o fluxo sanguíneo para os músculos;

- Aumenta a frequência cardíaca, preparando o sistema cardiorrespiratório;

- Aumenta a velocidade dos impulsos nervosos, facilitando os movimentos.

O alongamento é importante, pois:

- Aumenta a temperatura;

- Reduz riscos de entorse ou lesão muscular;

- Relaxa os músculos;

- Torna o músculo mais resistente.

treino no inverno alongamento - rep THINKSTOCK

Imagem: Reprodução / Thinkstock

Com temperaturas inferiores a 14ºC, o risco de infarto aumenta em 30%, pois ocorre uma vasoconstrição. O sangue é impedido de chegar nas periferias do corpo, como mãos, pés e cabeça. Por isso, é importante proteger as extremidades; para minimizar perdas de calor. Opte por peças de roupas mais justas ou coladas à pele, evitando, assim, a passagem de ar frio.

No inverno, o corpo demanda energia para se manter aquecido, tornando o exercício mais extenuante. É importante trocar as roupas suadas por roupas quentes logo após o término do treino. Hidratar-se antes, durante e após os exercícios também é essencial, pois a temperatura fria diminui a percepção de sede, podendo levar à desidratação.

Então, vamos acertar o passo!!!

Ramon Fontes David
Fisioterapeuta Especialista em Podoposturologia, Quiropraxia, RPG, Pilates, Auriculoterapia e  Osteopatia
CREFITO 165480F / Tel:  (32) 3214-5805 / 8832-9335
ramon.fisioterapia@yahoo.com.br
* Imagem de capa: Reprodução / HT Pilates

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *