De olho em Pan-Americano no Canadá, atletas da região disputam a Copa Brasil de Cross Country

*Reportagem: Priscila Oliveira

A Zona da Mata é um verdadeiro celeiro do atletismo e, a exemplo dos anos anteriores, tem ganhado cada vez mais espaço e reconhecimento, dentro e fora das pistas. Com o objetivo de abrir o calendário nacional com chave de ouro, representantes de vários municípios da região estão em contagem regressiva para a primeira grande competição do ano pela Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt): a Copa Brasil de Cross Country, que acontece neste sábado, 18, em Serra, no Espírito Santo.

Ao todo, 277 atletas de 13 estados e o Distrito Federal entram na disputa, formada por um circuito de 2km, no Condomínio Alphaville Jacuhy. Seis provas estão na programação, sendo que os três melhores de cada uma delas, tanto nas categorias masculinas quanto nas femininas, vão integrar a Seleção no Pan-Americano da modalidade, marcado para o dia 29 de fevereiro, em Victoria, no Canadá. Entre os competidores, dois mineiros são favoritos ao título da categoria principal – os 10km Adulto. Hexacampeão masculino do torneio e natural de São Miguel do Anta, Gilberto Lopes (Pé de Vento), de 30 anos, quer representar o país lá fora outra vez. “Não tive muito tempo para me preparar, devido a terem alterado a data, que é sempre no final de janeiro, mas estou confiante em buscar uma vaga na equipe para o Pan-Americano”, salienta.

Campeã feminina dos 10km Adulto no ano passado, Amanda Oliveira, de Mercês, quer ficar entre as três melhores para garantir nova vaga na Seleção (Foto: Hugo Keyler/Rumo Certo)

Na categoria feminina, as atenções estarão voltadas para a mercesana Amanda Oliveira (CRIA UFJF), 22, campeã ano passado, quando o desafio foi sediado no Parque Ecológico do Tietê, em São Paulo (SP). “Estou tranquila e vou fazer minha parte. Sei que esse ano o nível está mais forte, mas vou com força de vontade. Quero conseguir ficar entre as três, para representar o Brasil no Canadá. Meu foco maior é dar o meu melhor, como sempre. Se der, vou sair de lá feliz; se não, tenho que seguir em frente”. Vale destacar que o título de 2019 garantiu a ela a participação no Campeonato Sul-Americano Cross Country, em Guayaquil, no Equador. Relembre!

Irmandade

Mesmo alinhados em distâncias diferentes, a Copa Brasil também vai ser especial para os irmãos juiz-foranos Neemias e Noemi Alves. Atletas do Centro Regional de Iniciação ao Atletismo da UFJF há anos, ele encara os 10km Adulto, enquanto ela marca presença nos 6km Sub-20. “Eu e meu irmão somos muito unidos. Ele é a pessoa que mais me incentiva. Costumo brincar às vezes, dizendo que ele acredita mais em mim do que eu mesma. Nossos treinamentos e horários são diferentes, mas ele está sempre querendo saber sobre meus treinos, se estou indo bem… Me incentiva sempre”, diz a caçula, de 18 anos.

Sempre na torcida um pelo outro, os irmãos juiz-foranos Neemias e Noemi Alves disputam categorias diferentes (Fotos: Hugo Keyler/arq. Rumo Certo)

Noemi está pronta para fazer bonito em solo capixaba. “Me preparei muito para o Cross. Para mim, é uma das competições mais importantes do ano, sendo o meu último nessa categoria. O local é novo, mas, com as experiências em provas de pista e rua, estou bem preparada”.

No mesmo sentido, o irmão, de 22, quer cumprir bem seu papel. “Estou muito bem preparado. Minha expectativa está muito grande, de fazer uma boa prova e obter uma boa colocação. Participei do Cross nos últimos três anos – esse vai ser o segundo nos 10km. Quero entrar entre os dez primeiros dessa vez e buscar o melhor tempo possível”, destaca Neemias.

Ainda pelo CRIA UFJF estão atletas como Ana Caroline Oliveira (4km Sub-18) e Chrystian Almeida (8km Sub-20), de Juiz de Fora; Gilbert Carvalho e Domingos Sávio, de São João del-Rei; e Luan Oliveira, de Muriaé – grande parte deles nos 10km Adulto, como é o caso do pachequense Eberth Silva, que afirma: “Faz muitos anos que eu participo do Cross. Se Deus quiser, vou conseguir fazer uma boa prova, e tem a classificatória para o Pan-Americano… Vai dar tudo certo”.

CLIQUE AQUI para saber mais sobre a Copa Brasil de Cross Country 2020.

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *