Depois da Copa Rio de Ciclismo, que venhas as próximas disputas para os representantes de JF

Foto capa: Divulgação / Copa Rio de Janeiro de Ciclismo

André Novaes (Foto: arquivo pessoal)

André Novaes (Foto: arquivo pessoal)

Destaque por categoria na Copa Rio de Janeiro de Ciclismo 2014, os juizforanos André Novaes (campeão da Master B1), Renato Campos (campeão Master A1), Felipe Marques (vice da Elite Masculino), Cleber Guedes (vice da Master C1), além do petropolitano que mora em Juiz de Fora, Walmir Terra (vice na Paradesportivo), relembram a quinta e última etapa do campeonato, em Itaipava, distrito de Petrópolis, Serra Fluminense, no último dia 20.

Único tricampeão em todas as edições da competição, Novaes (AN Cicling) pondera as comemorações. “A prova foi muito dura e, como sei que ainda vou ter umas 15 disputas em circuito, em sua maioria em terreno plano, não foquei meus treinos em montanha, sabendo que só precisava me defender. Chegando em 6° eu garanti o tri, mesmo com falta de patrocínio. Continuo ganhando, mas acho que vou começar a perder, para ver se consigo arrumar um…”. Quem venceu a categoria foi o são-joanense Dinartt Fagundes, quarto na classificação geral da Master B1.

O próximo desafio do atleta é a 70ª Prova Ciclística de São Salvador, no dia 6 de agosto, em Campos dos Goytacazes (RJ) – válida pelo Ranking Nacional de Ciclismo Estrada. “É a mais antiga do Brasil e, para mim, mais top do que o Campeonato Brasileiro, onde fui 2º em 2012, campeão em 2013, e vou ser bi em 2014”, antecipa.

Renato Campos (Foto: Divulgação / Copa Rio de Janeiro de Ciclismo)

Renato Campos (Foto: Divulgação / Copa Rio de Janeiro de Ciclismo)

Para Campos (ERT / Ícone Imóveis), o momento é de festejo. “Uma prova muito difícil, com percurso de 24km na serra de Petrópolis. Foi meu primeiro título, estou muito feliz”. Sétimo colocado na final, Guedes (ClebimSportBike / Bell) segue o mesmo fluxo. “Achei excelente, pois não é minha característica subida. Gostaria de ter ficado em 4º na epata, assim, seria o campeão da Copa. Mas, o balanço foi positivo”.

Já Terra (Belline / Privilège) encara o vice-campeonato entre os competidores paradesportivos com surpresa. “Fui 3º na última etapa, 1º na quarta e 1º na terceira. Só corri três provas. Mas foi legal, principalmente os últimos 5km, onde estourei um raio traseiro e furei um pneu dianteiro”, brinca.

Suas próximas disputas estão marcadas para os dias 15 de agosto (Copa Internacional de Mountain Bike – CIMTB / Congonhas – MG), 19 e 20 de setembro (Iron Biker Brasil / Mariana – MG), e 30 de novembro (final da Copa Brasil de Paraciclismo / Rio das Ostras – RJ). “Eu rodo muito bem em maratona, acho que fico entre os três. Fui vice na CIMTB e no Iron em 2013, e vou brigar para ganhar dessa vez”.

Mais JF na Copa Rio

Quem também comemora a temporada 2014 da Copa Rio é o ciclista Emerson Silva Santos (Equipe UFF de Ciclismo), que completa o calendário em 8º lugar. Pela Master A2, João Batista Rodrigues Mário (Vidativa) fica com a 7ª colocação e Cleber Santiago (HCC Móveis / Coleta e Cia.) com a 22ª.

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *