Domingo tem Maratona do Rio. JF e região estarão lá

* Priscila Oliveira; Foto de capa: Divulgação

meia maratona do rio - rep O POVO online

Cenário deslumbrante da Cidade Maravilhosa rende à prova o título de “a mais bonita do Brasil” (Foto: Reprodução / O POVO online)

Seguindo o fluxo de grandes eventos que levam os corredores de Juiz de Fora e região à Cidade Maravilhosa, a nova edição da Maratona do Rio de Janeiro, neste domingo, 26, promete mobilizar dezenas de atletas e equipes do município mineiro, que se dividem em pelo menos quatro ônibus até a capital fluminense. Mas não são apenas os 42km que movimentam essa turma e milhares de corredores de todo o país, já que o evento também garante momentos de muita emoção na Meia Maratona e numa Family Run (6km).

Para quem vai correr a Maratona, intitulada pela própria organização como “a prova mais bonita do Brasil”, o desafio começa na Praça do Pontal do Tim Maia, no Recreio dos Bandeirantes, margeando a Barra da Tijuca, São Conrado, Leblon, Ipanema, Arpoador, Copacabana e Botafogo, até chegar ao Aterro do Flamengo, onde termina o trajeto. Por outro lado, a Meia Maratona larga na Avenida do Pepe, na Barra da Tijuca, passando pelos bairros seguintes até a chegada, no Aterrro do Flamengo – mesmo lugar em que começa e termina o circuito de 6km.

zezé souza - hugo keyler

José Geraldo Souza corre a Maratona do Rio pela terceira vez (Foto: Hugo Keyler)

Batendo seu recorde

Para José Geraldo Souza (Tri Runner/ Agip Lanches), 48, a oportunidade de disputar sua quinta maratona, sendo a terceira no Rio, vem aliada ao desejo de superar os próprios limites. “Estou me dedicando exclusivamente à essa prova há três meses, me preparando para correr abaixo de 02:50 e para brigar entre os dez da faixa etária. Está tudo preparado, tudo pronto e agora estou só aguardando a largada. A primeira vez que corri lá, dez anos atrás, fiz 02:50; ano passado, completei em 03:02, com uma lesão na panturrilha; e agora quero ver se melhoro ainda mais”, declarou. Ele também acumula mais de 25 meias maratonas por todo o país.

paulão correndo - pessoal paulo sergio paula

Paulo Sérgio Paula, estreante em maratonas (Foto: Divulgação / Golden Four Asics)

Realizando o sonho dos 42km

Ao longo de três anos de corrida, nas mais variadas distâncias, entre elas, sete meias maratonas, Paulo Sérgio Paula (BIo Forma), 41, está ansioso para disputar os primeiros 42km de sua trajetória esportiva. Porém, a preparação para realizar o tão esperado e programado “sonho” começou no início deste no, quando resolveu abdicar de boa parte das corridas do Ranking de Juiz de Fora, onde sempre foi assíduo, para embarcar num projeto de treinamento rigoroso. Nos últimos três meses, se dedicou aos chamados “longões” e deixou a vida social praticamente de lado para embarcar na Maratona do Rio com a certeza de que “todo o esforço valeu a pena”.

“Escolhi essa prova pela beleza do lugar e porque o percurso é plano na maior parte do tempo, o que facilita para quem vai estrear em longas distâncias. Hoje sou apaixonado por corridas, graças a Deus, pois elas mudaram minha vida. Ganhei grandes amigos e espero poder fazer isso pelo resto da vida”, revela. Sobre o desafio, motivação é o que não falta. “Tenho escutado muitos conselhos de pessoas experientes, como o ultramaratonista Vanderson Luiz (Fibratech) e a treinadora Viviany Anderson (Viva Sport Club), além de receber o apoio de verdadeiros amigos. Espero que o momento seja de festa para os atletas, amadores ou profissionais, e que todos possam completar a prova desfrutando de sua maior conquista: a vitória pessoal. Do primeiro ao último colocado, somos todos vencedores”.

Clique AQUI para saber mais sobre a Maratona do Rio 2015.

camila montovani na meia do rio 2014 - pessoal

Camila Montovani: após “acidente”, objetivo é completar os 21km mais uma vez (Foto: arquivo pessoal)

De volta às pistas, e recuperada

Natural de Timóteo, no Vale do Rio Doce, e dona de três meias maratonas no currículo, Camila Montovani (Vidativa), 25, não vê a hora de voltar às corridas de rua. Isso porque, durante seu último treino para a Meia Internacional de Belo Horizonte, no mês passado, fraturou o maxilar, passou por cirurgia e precisou ficar de “molho” por trinta dias. “A recuperação foi bem chata, e tive que trabalhar muito minha paciência. Emagreci bastante e perdi todo o meu condicionamento físico, pois só podia me alimentar de líquido. Como a estratégia de treino mudou completamente por conta desse ‘acidente’, tive apenas cinco treinos para a Meia do Rio, depois que fui liberada pelo médico a voltar com minhas atividades leves. No último final de semana, fiz 16km, e esse foi meu ‘longão’ para os 21km”, conta.

Após o susto, a corredora só tem um objetivo: completar o percurso. “Sempre consegui reduzir meu tempo nas meias maratonas que competi e, inicialmente, a meta para essa prova era bater o tempo da Golden Four (02:21),  mas agora o que preciso é passar pela linha de chegada. Caí treinando, porém não vou parar de correr enquanto eu tiver saúde. Meu desafio e vontade de vencer aumentam a cada ‘pedra que tenho em meu caminho’”.

natalia otoni em chácara 2014 - hugo keyler

Natália Otoni encara sua primeira meia maratona (Foto: Hugo Keyler)

De olho no tempo, logo na primeira

Para quem é “novata” nos 21km, como Natália Otoni (Impacto Gym), que nasceu na cidade de Oliveira Fortes, na Zona da Mata, a busca pela linha de chegada também é a principal recompensa. “Já treinava antes, mas fiquei um tempo parada e voltei a correr há pouco mais de um ano. Agora participo de corridas e, com elas, conheci vários amigos. Cada prova é uma superação e, em novembro, decidi que faria uma meia maratona este ano. Fiz minha inscrição na do Rio em janeiro e, desde então, meus treinos foram dedicados a ela. Quando vi o percurso, me apaixonei… Primeiramente, quero curtir o trajeto e aproveitar cada segundo. Espero terminar num tempo máximo de 02:10″, antecipa.

Clique AQUI para conferir os detalhes da Meia Maratona do Rio 2015. 

Festa das equipes

Apesar do número quase incontável de corredores de Juiz de Fora e região no Rio de Janeiro, principalmente por causa dos participantes que integram a prova extra caravanas e equipes, uma coisa é certa:  nossos representantes estão prontos para fazer parte dessa festa esportiva, mais uma vez.

Entre as assessorias a levarem o maior número de atletas ao evento estão SaúdePerformance, com 44, e Vidativa, com 21. Adelaide Oliveira, Andrea Cardoso, Alexandre Rezende, Alexandre Morais, Eduardo Scaldini, Elisa Rodrigues, Érika Campos, Evandro Ciscouto, Felipe Gazolla, Flávio Barra, Flávio Rocha, Flávio Santos, Frederico Pieper, Gabriel Vasconcellos, Isabella de Lade e Juliana Guarinello defendem a “camisa azul”, ao lado dos colegas Lawrene Gonzales, Lívia Nehme, Leonardo Norato, Luciana Caldas, Luiz Avelar, Mahina Fava, Mônica Gonçalves, Pablo Gomes, Pedro Paulo F., Gustavo Prandini, Rafael Stambassi, Reinaldo Ottero, Rebeca Gonzalez, Renata Rocha, Ricardo Silva, Sara Rodrigues, Sarah Maurício, Sidney Oliveira, Suzana Maurício e Wallace Mattos – todos nos 21km. Já nos 42km, a equipe, coordenada pelo treinador Marcos Hallack, corre com Alipio Nicolau, Carlos Rubens, Elisa Scarlatelli, Jaider Azevedo, João Bosco, José Antônio Clementino, Lílian Pinto da Silva,  Weverson Lopes e Wiverson Lopes.

equipe viva sport club

Equipe Viva Sport Club também marca presença nos desafios (Foto: Hugo Keyler)

Levantando a “bandeira vermelha” dos atletas supervisionados por Hugo Amaral, Lucas Leite e Jone Loures estão Bruno Lacerda, Cristiane Rezende, Flávio Stumpf (Vendamac/ Neuro&Fisio), Júlio César de Paula, Lúcia Coelho, Samuel Tiango, Tatiana Veloso, Talita Antunes, Gláucio Monte-Mór, Aldivio Eduardo, Jorge Vinícius Haider, Raquel Pinheiro, Sidinei Costa, Thiago Henrique Sales e Eliseu Pinto, na Maratona. Débora Monte-Mór, Elaine Talarico, Élida Maria Mendonça, Lúcio Mauro Talarico, Luiz Francisco e Renan Reink reforçam o time Vidativa. Pela Long Life, Débora Faião, Ícaro Sporch, Márcio Amorim e Silvio Bóia enfrentam os 42km; Ana Nilce Magalhães, Cora Gontijo, Daniel Caputo, Fábio Larcher, Léo Esterci, Luciana Fernandes, Marcos José Ferreira e Viviane Castellões disputam os 21km; e Ana Maria Munck, Juliana Dias e Síria Salgado correm ao lado da treinadora Nina Marques nos 6km. A Family Run ainda conta com a presença de Neuza Marsicano, da Hyperion Running.

A equipe Bio Forma movimenta Luciana Duque Frota, Jorge André, Marcus Valentim, Andreza Soares, Cristina Tibúrcio, Adria de Lima René, Gezia DaMatta, Washington Luiz Barbosa Lopes, Núbia Lucia e Caroline Carvalho nos circuitos, enquanto a Super Amigos volta ao Rio com Alberto Barata, Gilberto Giba de Mello e Gilmar Vianella; a Inspire também é representada pelo nosso colunista de Corrida e Caminhada, Pedro Paulo Duarte; e a Espaço Saúde, por Cristiano Oliveira de Paula. Júlia Baesso e Rafael Braga incrementam a participação da Live Well, e, entre outras pessoas, a Viva Sport Club movimenta Dayse Moura Resende, Adriana Russi, João Rodrigues Bispo, Antônio Celso Mosquéra e Lílian René.

Clique AQUI para conhecer as características da Family Run 2015.

Pela Tri Runner, Diogo Fiochi e Gilberto Roque dividem o percurso longo com Antônio Pereira, Lincoln Roque, Giovanni, Marcelo Oliveira, Marcelo Tadeu e Erika Abramo; seus alunos Carlos Alberto Calixto, Luiz Cláudio Guimarães, Robinson Senna, Jésus Grázzia, Gustavo Grizendi, Ramon Ferreira, Rodrigo Furtado, Alessandra Brun, Raquel, Ivone Cardoso, Rossana Machado, Mateus Martins, Erli Carvalho, Valéria de Melo e Isabela Cipriane percorrem a meia acompanhados de Mirian Bedendo, Ana Clara Bedendo, Paula Gearo, Mônica Carvalho, Luciano Reis, Ivone Carvalho, Cássia Guaraldo, Dany Wiezel, Mariela Maia, Maria Cristina Carvalho, Idiane Fernandes, Gabriel Costa, Elaine de Almeida, Flávio Toscano, Marcos Luiz Fernandes (Rocar Modas), Leila Lamas, Sarah Lucas, Luiz Cláudio Frutuoso, Camila Evelin e Selma Fiochi. No grupo, os 6km ficam por conta de Daniela e Paulo Micucci, Thiago, Renata Marques, Fernanda Marcicano e Simone de Almeida.

sidnei barbosa - pessoal

Sidnei Barbosa corre dentro e fora do pais (Foto: arquivo pessoal)

Mais de JF e região

Sidnei Barbosa (Vida e Saúde/ Vendamac,/ Neuro&Fisio), Afonso da Silva (BD/ Neuro&Fisio), Gedair Reis (que inteira sua décima maratona, sendo sete no Rio de Janeiro, orienta os corredores iniciantes a redobrarem os cuidados com alimentação e descanso, e quer terminar os 42km sem “ofegar”), Célia Claveland, Daniel Braga, Daniel Luiz, Hionara Botti, Alexandre Assis, Wantuir Alves, Wagner Veira, Eva Marques, Aysla Lovisi, Ayeska Lovisi, Elaine Silva, Saliza Serodio, Michelle Bortoletto, Patricía Paula, Isabela Hubner e Michele Farage complementam os nomes de Juiz de Fora e região. Os colegas Giovanna Caruso, Jorge Emídio, Cláudia Vianna, Rafael Kapps, Geraldo Romão, Ester Mendes Ferreira, Marcelo Montenegro, Delfino Balbino, Rogério Ferreira, Eumar Werneck, Néio Lúcio Ávila, Kelly Vidal, José Ricardo Almeida e Jeová Gomes também estão na expectativa para os desafios, assim como Edivaldo Santos, Eliane Dutra, Michel Brucce, Rubens Gabriel, Maria Izabel, Renata Grosso, Ana Cláudia, Alessandra Abreu, José Ronaldo Rodrigues, Priscila Alvim, Alessandra Lage, Rogério Guimarães e Valeska França.

* Todos os corredores citados foram baseados em publicações das assessorias esportivas ou em nomes repassados pelos próprios atletas.

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *