Vice-campeã do IOR, dupla de JF encara final do Carioca Off Road e Trilha da Meia Noite

* Priscila Oliveira

carro amz racing - doni castilho

Jipe da equipe AMZ Racing (Foto: Doni Castilho)

Depois de faturar o vice-campeonato do 25º Ibitipoca Off Road (IOR), onde são bicampeões pela categoria Graduado, Pedro Agrelle e Matheus Mazzei estão juntos novamente num rally de regularidade – dessa vez, representando a equipe AMZ Racing (Dunas Soluções Financeiras/ Trilha Real Troller/ E-auditoria) na final de mais uma temporada do Carioca Off Road. A prova acontece neste sábado, 25, a partir das 18h, na Ilha São João, em Volta Redonda, e ainda inclui a tradicional Trilha da Meia Noite na programação.

Treinamento de grandes duplas

Atual campeão do circuito que reúne jipeiros de toda a região pelas trilhas do estado do Rio de Janeiro, Agrelle destaca que, mesmo não tendo disputado o campeonato este ano, faz questão de acompanhar a última prova do calendário. “Queremos andar bem e levar a equipe ao lugar mais alto do pódio, além de prestigiar o campeonato, que está muito disputado. O entrosamento com o Matheus facilita muito, porque ele é um ótimo navegador e alguém muito comprometido com o esporte, que ama o rally”.

Sobre essa parceria cada vez mais promissora, Mazzei também é enfático, e vai além. “Na verdade, meu entendimento e do Pedro dentro do rally é muito positivo. Corremos o IOR três vezes juntos e mostramos resultados muito bons em todas elas. Agora, vamos entrar com todo o gás nessa etapa, que também é uma estratégia para treinarmos as duplas de Juiz de Fora para 2015. Ano que vem, ao meu ver, vai ser muito positivo para todos nós. Estamos juntado competidores fortes”, revela.

DSCF8202

Matheus Mazzei e Pedro Agrelle no 25º Ibitipoca Off Road (Foto: Hugo Keyler)

Trilha da Meia Noite

Apesar do nome sugestivo, a “Trilha da Meia Noite”, que chega à sua 23ª edição logo mais, na verdade, acontece “às escuras”, mas não nesse horário. Todas as atividades do evento, que ainda conta com uma série de apresentações culturais, estão previstas para chegar ao fim com o show de encerramento da banda 14 Bis, a partir das 22h.

Terceiro colocado na atual classificação de navegadores do Carioca off Road (onde navegou o também piloto conterrâneo Pedro Paulo Oliveira, o Pepê), Mazzei já sabe o que deve encontrar pela frente. “Navegar no escuro é bem complicado, porque temos que ir com atenção redobrada. Mas, vou bem tranquilo, já que venci o último rally que corri à noite, e isso indica que não estou fraco no escuro”, brinca.

Já o amigo piloto lembra que também acumula experiências desse tipo nas competições de jipe. “Corri umas três provas assim, no máximo: uma foi o próprio Meia Noite, mas não andamos bem; e as outras duas foram em Juiz de Fora, onde ganhamos uma e abandonamos a outra por causa de pneu furado. Mas, é um rally em que tudo fica mais complexo. Normalmente, visualizamos a estrada toda, assim, podemos nos focar um pouco no totem. Só que, à noite, tem que ser o contrário”.

Mais que afiada

Estratégias à parte, a dupla juiz-forana já está afiada para fazer outra grande atuação. “Faltei duas etapas, mas pontuei legal nas que participei. Agora, vamos para a final para fazer bonito. Quem sabe não dá para ser campeão ‘no escuro’…”, encerra Mazzei.

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *