Eberth Silva e Amanda Oliveira abrem 34º Ranking JF com bicampeonato na Corrida Côrtes Villela

*Reportagem: Priscila Oliveira

Quando eles estão na pista, o favoritismo é grande. Representantes de Coronel Pacheco e Mercês, Eberth Silva (Fripai/O2FIT) e Amanda Oliveira (Zaap/Real Mercês/ Sicoob/ NutriMais) iniciaram mais uma temporada do Ranking de Juiz de Fora com o pé direito. De volta à Corrida do Laboratório Côrtes Villela, a dupla repetiu o feito de 2018 e garantiu o bicampeonato da prova, que chegou à quarta edição neste domingo, 16, com trégua na chuva e novo percurso principal de 6,5km – e não 10km, como nos anos anteriores. A programação, que reuniu cerca de 1.400 participantes, incluiu caminhada de 3km e prova infantil, todas pela Via São Pedro. [Relembre a largada!]

Os resultados extraoficiais foram divulgados no final da tarde desta segunda-feira, 17, após revisão da Secretaria de Esporte e Lazer, responsável pela cronometragem.

Focados

Motivo de uma divertida brincadeira entre amigos, que fizeram até “bolão” para adivinhar qual seria o tempo do primeiro colocado, o campeão cruzou a linha de chegada aos 20min10s – 5 segundos antes do “lance” mais próximo. “É legal saber disso e sentir essa energia do público, do pessoal que segue e gosta da gente. Trabalho sempre buscando o melhor. A prova foi até mesmo difícil, porque não tinha sol, mas bastante umidade. Estava abafado, o que prejudicou um pouco. Percurso rápido e bem tático, por ser ida e volta, mas estou muito satisfeito de ter conseguido a vitória e feito uma prova bem segura. Agora é treinar para as próximas competições”, destacou o pachequense.

Campeões em 2018, eles voltaram à prova e garantiram o título do trajeto principal, dessa vez de 6,5km (Foto: Hugo Keyler/Rumo Certo)

De olho em corridas mais longas, Eberth aproveita as disputas rápidas para ganhar velocidade. “Meu foco são as maratonas, mas o objetivo, por enquanto, é ficar rápido, para o ritmo ser mais confortável quando tiver que ser mais lento. No momento, a meta é treinar e fazer essas provas curtas, para estar bem preparado quando eu iniciar os treinos dos 42km. Minha previsão é a Maratona do Rio”.

Já a mercesana concluiu o desafio na Cidade Alta em 23min37s. “Foi tranquilo. Percurso plano. Estava um pouco calor, mas não influenciou. Gosto muito de correr na Via, porque é um percurso muito bom e um dos melhores locais para ter corrida. Foi bem organizada. Agora é continuar firme, pois o ano está só começando”, ressaltou.

Às vésperas de disputar o Campeonato Pan-Americano de Cross Country, no final do mês, no Canadá, Amanda também aproveita as provas de asfalto para aprimorar os treinos atuais. “Isso ajuda um pouco na velocidade, porque, querendo ou não, pegamos mais morro, mais obstáculos. No Ranking, estou indo rumo ao tetra”.

Pódios 

A premiação geral masculina foi completada por Flávio Stumpf (Mega/CRIA UFJF), Luan de Oliveira (Vem Correr), Matheus Batista (Mega/CRIA UFJF) e Jocemar Corrêa (Tri Runner), do segundo ao quinto lugares. Entre as mulheres, o pódio ainda contou com Aline Barbosa (Zaap/Mais Bella), Noemi Alves (Mega/CRIA UFJF), Claudete Nunes (ProFit) e Débora Faião (Team Faião), respectivamente.

Laboratório chega aos 93 anos fomentando a prática esportiva entre os funcionários e a população em geral (Foto: Hugo Keyler/Rumo Certo)

Por equipes, as três melhores masculinas foram Mega/CRIA UFJF (478 pontos), Super Amigos – A (399) e Tri Runner – A (266), enquanto Nativos – A (301 pontos), Zaap (223) e Vem Correr (86) foram as que mais pontuaram nas femininas. Entre os grupos PCD (Pessoas com Deficiência), vitória de JF Paralímpico nas duas categorias.

Incentivo ao esporte

Diretor do Laboratório Côrtes Villela, Victor Bastos se orgulhou por mais um ano de corrida. Desde a edição de estreia, o evento deu o pontapé inicial no Ranking de Juiz de Fora. “Abrimos a temporada comemorando os 93 anos do Laboratório – dessa vez, com uma pegada mais sustentável. Trouxemos um kit que excluiu o plástico totalmente, e oferecemos materiais recicláveis, renováveis. Para nós, foi um prazer inaugurar este ano, de muitas atividades e saúde para todos”.

Ele fez questão de enfatizar que o incentivo ao esporte é uma rotina da empresa. “Não somos uma equipe de corrida, mas temos uma consultoria com a participação de mais de 70 funcionários. Isso aumenta a alto-estima e a solidariedade entre eles, além de ser um estímulo e tanto para o dia a dia. Eles são unidos, têm grupos, se encontram fora do trabalho – o que é muito interessante para nós, como um todo”, avaliou. E concluiu: “Ano que vem, se Deus quiser, a 5ª edição da corrida será ainda mais especial”.

CLIQUE AQUI para acessar os resultados extraoficiais da 4ª Corrida do Laboratório Côrtes Villela.

* Pelo terceiro ano, o Rumo Certo é a mídia oficial de divulgação e cobertura fotográfica deste evento.

** Dúvidas sobre classificação devem ser encaminhadas diretamente à Secretaria de Esporte e Lazer, responsável pela cronometragem, através do e-mail rankingdecorridasjf@yahoo.com.br ou pelo telefone (32) 3690-7845.

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *