Eberth Silva e Amanda Oliveira vencem II Corrida do Laboratório Côrtes Villela

* Priscila Oliveira ; Foto de capa: Hugo Keyler

A nova temporada do Ranking de Juiz de Fora foi aberta neste domingo, 25, com a realização da II Corrida do Laboratório Côrtes Villela. Apesar da chuva insistente que caiu durante toda a noite, o tempo deu uma trégua e os atletas completaram seus desafios com tranquilidade. Focados em competições do circuito nacional, Eberth Silva (Fripai/ O2) e Amanda Oliveira (Fac. Granbery/Ed. Física/ Real Mercês/ Sicoob/ NutriMais) foram os grandes nomes da disputa principal, de 10km.

Sonho olímpico

Tetracampeão das rústicas juiz-foranas, o pachequense garantiu seu título de campeão em 30min43s. “Fiquei um tempo sem vir nas provas aqui, por ter outros objetivos. Dessa vez, quis fazer um teste, como parte dos meus treinos. A corrida foi boa para soltar o treinamento, que está na base e é bem pesado. Graças a Deus, deu tudo certo e também serviu para dar uma relaxada nos treinos. Mas, já a partir de amanhã, volto ao normal, com foco em São Paulo”, revelou Eberth.

25022018-DSC_2189

Campeão, de Coronel Pacheco, já venceu o Ranking quatro vezes (Foto: Hugo Keyler)

Isso porque, a capital paulista está prestes a ser palco de mais uma busca por bons resultados e da corrida rumo a conquistas ainda maiores pelo atleta. “Dia 11 vou estar na Meia Maratona Internacional SP. Pretendo correr do mesmo jeito que foi aqui e ter uma boa estreia nessa prova. Este ano, meu objetivo é fazer um calendário com mais meias maratonas para, futuramente, quem sabe, conseguir sonhar com uma vaga olímpica”.

De olho no Sul-Americano

Na classificação feminina, a marca de 37min54s condecorou a bicampeã do Ranking com mais uma vitória. “Achei a prova bem tranquila. Fiz um ritmo não tão forçado. Gostei do percurso: plano, apesar de uma subidinha’. Vamos ver se participo de todas as corridas aqui, mas meu principal foco este ano é conseguir vaga para disputar o Sul-Americano de Atletismo, na Argentina”, antecipou Amanda, que é atual campeã brasileira nas provas de 10.000m e 5.000m.

25022018-DSC_2183

Vencedora, de Mercês, é bicampeã das rústicas juiz-foranas (Foto: Hugo Keyler)

Natural de Mercês e uma das responsáveis pela 8ª Corrida Rústica Saúde e Vida Sem Drogas, em sua cidade natal, a atleta aproveitou para fazer um convite: “Através da equipe Real Mercês, quero convidar a todos para nossa corrida, no próximo dia 18. O percurso é plano, de 5km e 10km. Espero a presença de vocês, para abrilhantarem nosso evento”.

Gerais e equipes

Os corredores Flávio Stumpf (Apuã Vertical/Visão de Águia), Albertino Luz, Jocemar Corrêa (Apuã Vertical/Visão de Águia) e Fábio Junior Corvelos (RB Team/Vem Correr) completaram o pódio masculino, do segundo ao quinto lugares, consecutivamente. No feminino, as mesmas posições foram ocupadas por Aline Barbosa (Fac. Granbery/ Ed. Física), Paula Adriana dos Santos (Uniptan), Talita Antunes (VidAtiva) e Claudete Nunes (ProFit).

Por equipes, vitória de RB Team/Vem Correr (353 pontos), seguida de Apuã Vertical/Visão de Águia (308) e Imperadores (289), nas masculinas; e de Fac. Granbery/Ed. Física (263 pontos) sobre ProFit (219) e Gemacom Tech/Tate Lyle (201), nas femininas. Entre os grupos PCD (Pessoas com Deficiência), os topos dos pódios ficaram com Super Amigos, nos masculinos, e JF Paralímpico, nos femininos.

CLIQUE AQUI para conferir os resultados extraoficiais da II Corrida do Laboratório Côrtes Villela.

* O Rumo Certo é a mídia oficial de divulgação e cobertura fotográfica do evento.

** Dúvidas sobre classificação devem ser encaminhadas diretamente à Secretaria de Esporte e Lazer pelo e-mail rankingdecorridasjf@yahoo.com.br.

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *