Em busca de vaga olímpica, Roberta Stopa relata início da atual temporada

roberta stopa tour do rio - divulgação

Tour do Rio (Foto: Divulgação)

Já se foram 3 meses, 6 competições (sendo 2 de ciclismo e 4 de mountain bike), mudanças de treinador, patrocinadores, equipamentos, métodos de treinos e de vida. A única coisa que não mudou, e nunca vai mudar, é o meu amor pelo esporte, minha modalidade e estilo de vida com as bikes – seja nas terras, trilhas ou no asfalto.

Iniciei o ano competindo uma prova de ciclismo de estrada (Tour do Rio), onde terminei na segunda colocação e muito satisfeita com o resultado. Um mês depois, veio a primeira de MTB, e foi de maratona – prova curta e dura na região de Ipiabas (RJ). Me tornei campeã do MTB Race Series. Após uma semana, a convite da minha equipe, Brou Team, fui participar do Brasil Ride 24h na categoria quarteto, uma experiência única que ainda não tinha vivenciado e adorei. Realmente estávamos em família e, mais uma vez, voltei com o título de campeã para casa.

Agora sim, veio uma das mais importantes e esperadas por todos os atletas de amantes do MTB: a 1ª etapa da CIMTB em Araxá (MG) e, dessa vez vez, com uma pontuação de peso no ranking UCI, deixando o evento ainda mais disputado com a presença de vários atletas gringos em busca de pontos olímpicos. A sexta começou com um contra relógio (XCT) na pista oficial. No sábado, foi a vez do short track (XCC) – prova dura numa pista curta, de aproximadamente 1,5km, com um tempo de 25 minutos mais 2 voltas. E, no domingo, o clássico cross-country (XCO), que, este ano, foi bem atípico, devido à tempestade de raios. Finalizei o evento na 7ª colocação geral, ficando em 7º nas três etapas.

De volta para casa, hora de reorganizar os treinos, montar a bike nova (Cly Componentes) e continuar firme com os treinos. No dia 22 de março, corri em casa e usei a prova como treino – uma maratona de 54km, onde não tirei o pé nos treinos e me senti muito bem na prova, terminando com a vitória e a certeza de que os treinos estão no rumo certo.

roberta na cimtb araxá - divulgação

CIMTB Araxá (Foto: Divulgação)

De volta às pistas de cross-country, fiquei surpresa com o percurso técnico e exigente em Governador Valadares (MG), na Copa Big Mais, válida para o ranking nacional. Fui em busca de uns pontinhos e ritmo de prova. Confesso que cheguei cansada, devido à carga de treinos, que não foi aliviada pelo meu treinador, Arthur Bossi. Terminei a prova com o título.

Coincidência ou não, só sei que subi no ponto mais alto do pódio nas duas últimas provas. E, nelas, estava com minha bike nova (Cly Componentes), equipada com rodas Dabomb 27,5, pneus Maxxis Crossmark 27,5, pedal Xpedo e suspensão X-Fusion 27,5 – uma máquina confortável, ágil e leve, me proporcionando voar sem limites.

Agora é hora de dar continuidade nos treinos e pensar lá na frente… Ainda tenho muitas provas para participar, e uma delas será no dia 12 de abril, no MTB Cup do XTerra Paraty (RJ). Fui nomeada embaixadora do XTerra MTB Cup, e farei de tudo para honrar essa parceria e o título de 2014.

Beijocletas a todos. Em breve, trarei mais notícias!

Atleta Profissional de Mountain Bike e Treinadora
Graduada em Educação Física pela Faculdade Metodista Granbery
Tel:  (32) 8801-6650 / (32) 9113-9529 / E-mail: falecom@robertastopa.com.br
 Patrocínio: X-Fusion/ Damatta/ Cly Componentes/ Brou Team
Co-patrocínio: Bossi Treinamentos Personalizados/ Thule/ Bagal Bikes/ No Limits
Apoio: Calypso/ X-Pedo/Maxxis/ Nuun/Honey Stinger
Parceiros: Studio Way3/ Las Casas/ Brasil Ride/ Gráfica América/ XTerra Brasil
Treinador: Arthur Henrique Bossi
Nutricionista: Elizabeth Morais
Cardiologista: Dr. Júlio César Morais Lovisi

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *