Evento social, 1ª Corrida da Conquista deve mobilizar centenas de participantes

* Priscila Oliveira

corrida de rua - rep jats run

No esporte, independente da modalidade ou marca pessoal, chegar ao objetivo é sempre uma conquista (Foto: reprodução / Jats Run)

Com nome em homenagem não só às sensações que uma vitória pode causar na vida de alguém que desafia a si mesmo em diversas circunstâncias, mas também em comemoração aos 87 anos da Primeira Igreja Batista de Juiz de Fora (PIB JF), a Corrida da Conquista estreia neste domingo, 12, às 8h, movimentando cerca de seiscentos participantes em torno do mesmo objetivo: ser um instrumento de transformação social. Isso porque tudo o que for arrecadado com o evento vai ser destinado aos projetos sociais “Re-construir” e “Restituir”, mantidos pelo templo.

Nesse ritmo beneficente, entusiastas das rústicas, membros da PIB e público em geral estão prontos para colocar sua performance em prática e se confraternizar. Os percursos, de 7km de corrida e 3km de caminhada, sempre com largada e chegada em frente ao Clube Dom Pedro II, seguem um trajeto que envolve os dois lados da Avenida Brasil, tendo as pontes dos bairros Manoel Honório e Santa Terezinha, e as proximidades da antiga concessionária Embrauto como principais referências.

Várias conquistas

Segundo Valnei Ribeiro, que integra a organização pela igreja, essa é a primeira vez que PIB JF promove um evento esportivo. “A ideia surgiu porque temos um ministério chamado ‘Atletas de Cristo’, onde alguns membros gostam de corrida. Queríamos um nome que abrangesse várias coisas, e ‘conquista’ é assim. Para nós, duas conquistas foram especiais este ano: os projetos ‘Re-construir’, centro terapêutico para dependentes químicos, que funciona numa fazenda que estamos terminando de pagar, e ‘Restituir’, associação que cuida das pessoas em situação de rua”, afirma.

atletas de cristo pib jf - arq thiago kadosh

‘Atletas de Cristo’ da PIB JF (Foto: reprodução / Thiago Kadosh)

Para a também organizadora e treinadora Célia Claveland, a nomenclatura vai além. “Conquista é assim, abrangente. Conquista de um sonho, de um objetivo, de uma superação, de um amor, de novos amigos, de novos rumos… São tantas conquistas que almejamos na vida, não é mesmo? Então, com essa corrida, queremos ‘conquistar’”.

Ainda dá tempo – atenção, equipes

Apesar dos cadastros já terem sido encerrados oficialmente, os interessados ainda podem garantir sua vaga através do telefone (32) 8818-5278, como explica Célia. ”Quem quiser, ainda pode me procurar, que consigo fazer. Até sábado é mais garantido, porque ainda tenho algumas inscrições. Se elas não forem preenchidas, talvez eu consiga um pouco antes da prova também. Tenho certeza de que quem participar vai gostar, porque tivemos muito cuidado com tudo. Além disso, a opinião dos atletas é muito importante para que possamos tornar essa corrida mais uma festa nas pistas da cidade”.

Para quem está devidamente confirmado no evento, a entrega dos kits (camisa e brinde surpresa) acontece amanhã, 11, de 9h às 17h, ininterruptamente, na sede da Primeira Igreja Batista (Avenida Rio Branco, 921). As equipes também devem ficar atentas, pois a previsão é de que as margens do Rio Paraibuna, em frente ao Dom Pedro II, estejam liberadas para montagem das tendas a partir de 5h, no domingo.

Premiação

Todos os participantes que completarem sua prova ganham medalha, enquanto os cinco primeiros colocados gerais, três primeiros por faixa etária (de 5 em 5 anos) e campeões da categoria Deficiente Auditivo, Visual e Físico, sempre masculinos e femininos, recebem troféu.

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *