FITNESS: Planeje seus treinos para não desanimar

conseguir treinar

Olá, leitores! Na quinzena passada, falamos sobre os procedimentos a serem tomados por quem deseja praticar atividade física. Pois bem, uma vez com os resultados dos exames em mãos, definido onde treinar e quem será seu treinador, chegou a hora de planejar sua planilha de treino. Para isso, é muito importante que você tenha estabelecido qual atividade irá praticar, objetivo a ser conquistado, dia, hora e tempo disponível para os treinos. Essas informações são fundamentais para que o preparador físico possa personalizar seu treino e ajustá-lo dentro de sua realidade.

Independente do número de vezes que irá treinar na semana, é imprescindível que você mantenha uma regularidade. Seu organismo não sabe se hoje é segunda, quarta ou sexta-feira, para ele, os intervalos de tempo (24, 48, 72 horas) que separam o repouso do estresse físico, ao qual é submetido, é que determina sua adaptação ao treinamento.

Portanto, procure se exercitar em dias e horas semelhantes para que seu organismo apresente resultados o mais rápido possível. Tenha em mente que seu objetivo não é alcançado da noite para o dia e sem trabalho árduo. Todos que hoje contemplam um excelente condicionamento físico ou aquele corpo atlético passam horas a fio se exercitando e seguindo uma rotina sistemática de treino, nutrição e descanso. Por isso, não se iluda que irá mudar radicalmente seu corpo em poucos meses de exercícios ou com alguma pílula milagrosa.

conseguir treinar masc

Meu conselho é que siga uma rotina de treinos que seja possível cumprir. Não adianta você dizer que irá treinar cinco vezes na semana e só fazer três, ou malhar intensamente por 3 horas, sendo que consegue só 1. Determine os dias e horários que consiga executar seu treino, coloque-o na sua agenda de tarefas diárias como se fosse o hábito de escovar dentes. O horário de treino deve ser encarado como um compromisso de trabalho. Só assim você não corre risco de sabotar seu programa de treino.

Outro ponto importante: Trace metas menores e atingíveis para alcançar o objetivo, pois dar um passo maior do que a perna pode fazê-lo desistir dos treinos. Por exemplo, se seu objetivo é perder 10kg de gordura, determine metas de menos 2kg mensais. Dessa maneira, alem de não correr risco de se decepcionar na hora de subir na balança, seu organismo terá mais dificuldade de recuperar os quilos perdidos.

Desconfie de programas de treinos milagrosos e principalmente dietas que prometem a você menos 10kg no mês. Isso pode até acontecer, mas a chance de você recuperar o peso é de 1 em 1. Para concluir, procure ter prazer na atividade que pratica, isso ajuda muito a não abandonar o treinamento. Se possível, inclua mais de uma modalidade de atividade no seu programa de treino – além de proporcionar estímulos diferentes para o corpo, ajudará a não desanimar. Aumente a intensidade dos exercícios gradativamente e procure sempre treinar fora da zona de conforto. Só assim atingirá suas metas.

Forte abraço a todos, ótimos treinos e até a próxima!

Prof. Esp. Fábio Mendes Gomes Caliaro
Pós-Graduado em Musculação e Treinamento de Força pela UGF
Personal Trainer e Sócio-Proprietário da Hyperion Assessoria Esportiva
Tel: (32) 9916-3682 / CREF 010907
* Imagens: reprodução web

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *