Flávio Stumpf e Amanda Oliveira vencem 1ª Corrida Fripai

* Priscila Oliveira; Foto de capa: Hugo Keyler

Geral Masc

Antônio, Eberth, Flávio, Jocemar e Nilmar no pódio masculino (Foto: Hugo Keyler)

 Sétima etapa do 29º Ranking de Juiz de Fora, a primeira edição da Corrida Fripai caiu no gosto do público e movimentou mais de 1.400 atletas, divididos entre as provas adultas e infantis, durante este final de semana. Embalados por percursos inéditos no bairro Vila Ideal, as disputas foram marcadas pela superação de desafios pessoais, a começar pelo calor, que não deu trégua.

Cheios de objetivos

Na prova principal, com 6km de percurso, o carioca Flávio Stumpf (Vidativa/ Pé de Vento/ Caixa) cravou a marca de 16min45s e foi o grande destaque deste domingo, 20. “Estou treinando para uma prova curta, de 5.000m, em novembro, onde vou competir com a elite nacional e tenho chance de conquistar o índice olímpico. Essa corrida também serviu para quebrar um tabu porque todo mundo fala que sou corredor de prova longa. Toda vez que entrava em prova curta não me saía muito bem, devido a algumas lesões, mas agora, graças a Deus, estou vindo de uma sequência muito boa de treinos e, além de ser corredor de fundo, as provas curtas são as melhores (marcas) que tenho. Hoje, já sabia o tempo em que provavelmente iria correr, o percurso foi muito bom e consegui essa vitória”, revelou. O melhor resultado do atleta nas rústicas locais este ano havia sido o vice-campeonato na Meia Maratona.

Geral Fem

Premiação feminina: Gabriela, Aline, Amanda, Andriléia e Talita (Foto: Hugo Keyler)

No circuito feminino, a mercesana Amanda Oliveira (Viva Sport Club) chegou ao topo dos pódios juiz-foranos pela terceira vez (as outras duas foram na Speed of Sound e na Meia Maratona), com o tempo de 21min46s. “Gostei muito do percurso – um trajeto muito bom, rápido e plano, mas podia ter dado um pouquinho mais de mim no final, tentando abrir um pouco mais de vantagem. Mesmo assim, gostei muito da minha participação e agora vou treinar bastante para a Corrida da Ascomcer, principalmente por causa dos morros. Vamos ver no que dá”.

Pódios

No geral masculino, Eberth Silva (Vidativa/ Fripai/ Pop Kids/ Fullife/ Skechers), Jocemar Corrêa (Vidativa/ Clientt/ Set Jato), Antônio Gonçalves (Vem Correr) e Nilmar dos Santos (R21 Sports) completaram a premiação, do 2º ao 5º lugares, respectivamente, enquanto, na feminina, as mesmas posições foram de Aline Barbosa (Granbery), Andriléia do Carmo (Gemacom Tech/ Bio Forma), Gabriela Fernandes (Inspire) e Talita Antunes (Vidativa).

Equip B Pastor

Equipe Bom Pastor, campeã PNEs feminino (Foto: Hugo Keyler)

Por equipes, as três primeiras colocadas masculinas foram Vem Correr, Vidativa e Super Amigos; Gemacom Tech, Vidativa e Viva Sport Club ficaram com as posições femininas; e, entre os PNEs, vitória de JF Paralímpico na masculina e do Clube Bom Pastor, na feminina.

Que venha a próxima edição

Segundo o organizador do evento pela Vidativa Consultoria Esportiva, Hugo Amaral, o sucesso da 1ª Corrida Fripai promete gerar bons frutos já na próxima temporada. “Fizemos um percurso 99% plano e, apesar de estar bem quente, o clima já estava mais tranquilo a partir de 7h. Os atletas contaram com hidratação de 2km em 2km e kit pós-prova bem caprichado, com isotônico, iogurte, toalhinha, fruta e barrinha de cereal. Conseguimos agradar aos participantes e aumentar ainda mais o nível das corridas em Juiz de Fora. Com isso, o público pode esperar uma segunda edição com certeza, porque o pessoal da Fripai, da Vidativa e os próprios corredores ficaram com gostinho de ‘quero mais’ para o ano que vem”, encerrou.

Clique AQUI para conferir os RESULTADOS EXTRAOFICIAIS. 

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *