Flávio Stumpf vence 1ª corrida vertical de Minas Gerais

* Artigo e fotos de Sidnei Barbosa (atleta Vida e Saúde/ Neuro & Fisio)

10 jun 15 - 6

Flavio Stumpf, Reinaldo Kuriyama e Luciano Franciolli no pódio

Juiz de Fora recebeu, no último final de semana, a 1ª Corrida Vertical de Minas Gerais, realizada em 30 andares do Independência Trade Hotel. A corrida fez parte do Body Contest Brasil Sport Fair, evento multiesportivo voltado tanto para o público corporativo quanto para o público em geral, que abrangeu a maior feira de nutrição esportiva do estado com palestras, performances e fitness, além de campeonatos com chancela da IFBB Minas e IFF Brasil.

Com a participação de 60 atletas e a presença de dois corredores de ponta no esporte vertical – o paulista Reginaldo Pereira, corredor de elite das provas de montanhismo; e o carioca Reinaldo Kuriyama, experiente atleta de bike BMX –, a primeira edição desse tipo de corrida em Minas foi vencido pelo representante local Flávio Carvalho Stumpf, que, apesar de todas as dificuldades enfrentadas, não deixou espaço para ninguém. Aliando suas já conhecidas velocidade e garra, ele completou a prova com o tempo de 02min23s, seguido de Kuriyama, com 02min25s, e do juiz-forano Luciano Franciolli em 3º, com 02min35s.

Para vencer a competição foi necessário fazer duas subidas: na primeira fase foram selecionados os 10 mais velozes, enquanto, na segunda, se apurou o campeão. Vale ressaltar que Stumpf também obteve o melhor tempo na primeira etapa da subida. No feminino a vencedora foi Janete de Fátima (03min47s), com Daniele Marie Uhebe (Vem Correr, 03min49) em 2º e Tina Costa (Loucos Por Corrida JF, 04min13s) em 3º.

Impressão dos atletas e da organização

Para a maioria dos atletas que disputaram a 1ª corrida vertical do estado, a prova foi muito cansativa, porém, gratificante. O campeão enfatizou a dificuldade que teve para vencer concorrentes tão bem preparados e treinados. “A técnica é completamente diferente da que uso na corrida de rua, assim como o nível e intensidade do exercício. Serviu como um desafio, e vencer sempre é bom”, comemorou Flávio Stumpf.

10

Flávio Stumpf, Sidnei Barbosa e Geraldo Germano

Corredor de rua, Geraldo Germano, 65, vencedor em sua faixa etária, era só alegria após a competição. “Estou sempre treinando com um grupo de amigos na pista da UFJF, são grandes atletas. Me sinto preparado para as provas do nosso circuito, mas essa foi desafiadora, difícil. Foi um prazer ter participado e, mais uma vez, superado algo que achava ser meu limite”. Igualmente satisfeita, Adria de Lima Renê, 42, se sentiu orgulhosa com o próprio desempenho. “Foi um convite inesperado para correr, mas aceitei o desafio e venci. Me sinto muito confiante para o restante da temporada, que inclui a Meia Maratona da Disney, em Orlando (EUA), no início do ano que vem”, antecipou.

Segundo a idealizadora do evento, Leandra Lil, a ideia é trazer provas desafiadoras e eventos de ponta do cenário nacional para Juiz de Fora. “A cidade tem potencial para desenvolver a cultura pelo esporte de aventura e estrutura para sediar eventos de porte nacional. O interesse é fomentar o esporte, visando qualidade e não quantidade; é estreitar o contato do atleta com o fornecedor de material e suplementos. Vamos continuar trazendo eventos de performance com respeito aos atletas e, desse modo, contribuir para o crescimento do esporte de aventura e fitness na região”.

Corrida vertical

O montanhismo estava sendo suprimido pelas grandes cidades, então, nas maiores áreas urbanas do mundo, onde existem prédios muito altos, essas edificações passaram a ser utilizadas para corridas que, posteriormente, se transformariam nas corridas verticais. Essa modalidade esportiva tem conquistado cada vez mais adeptos e tem como grande desafio a subida por escadarias de grandes edifícios em poucos minutos.

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *