Gedair Reis comemora cem corridas como guia doando os cabelos e materiais escolares

*Reportagem: Priscila Oliveira

A 3ª Corrida Côrtes Villela, realizada domingo (24), foi especial para o atleta Gedair Reis, de 63 anos. Natural de Manhumirim, na Zona da Mata, mas com residência fixa em Juiz de Fora desde criança, ele completou cem corridas como guia e aproveitou a oportunidade para fazer aquilo que mais gosta: ajudar o próximo.  O evento marcou o encerramento de uma campanha para arrecadação de materiais escolares e a antecipação de outra iniciativa, já muito tradicional para o corredor – o corte dos longos cabelos para doação.

Prova especial foi ao lado de Bruno Guedes, com quem forma uma dupla tradicional dentro e fora da cidade (Foto: Hugo Keyler/arquivo Rumo Certo)

“Minha corrida começou na véspera, quando minha família me disse que estaria presente. O sono, na noite de sábado, me abandonou, foi correr e me deixou vagando. A centésima foi ao lado do Bruno Guedes, percurso por nós já conhecido. Treinamos no entorno da represa de São Pedro e a pequena subida não foi obstáculo. O sol escaldante, mesmo antes da largada, nos levou a realizar uma prova mais lenta, economizando na primeira parte para gastar no final”, revela.

Alertados pela professora do projeto JF Paralímpico, Célia Claveland, do qual também fazem parte há anos, ele e o companheiro de percurso, que é deficiente visual, tiveram cautela no trajeto de 10km pela Via São Pedro. “‘Mesmo sabendo da sua experiência, corra com a cabeça, pois não tem nuvens no céu’, me disse ela, momentos antes da largada. Acredito que terminamos sem sentir tanto as falhas do evento no final, mas elas não podem acontecer”.

Sucesso compartilhado

Para Gedair, sua felicidade em doar é muito maior do que a de quem vai receber. Por isso, não abriu mão de fazer uma nova mobilização social. “Com a finalidade de despertar nas pessoas a ideia de que podemos, com pouca coisa, fazer a diferença para muitos, meu cabelo foi gentilmente ‘podado’ pelo Fernando Costa, da equipe Super Amigos, e será doado ao Hospital Ascomcer, juntamente com outras mechas que eu recebi para doar”, destaca.

Atleta Fernando Costa foi responsável pelo corte dos cabelos, que vão ser doados à Ascomcer. Materiais escolares seguem para estudantes carentes do bairro Santa Cecília, onde mora Gedair (Fotos: arquivo pessoal)

Além disso, a Campanha do Material Escolar, realizada em parceria com a Sociedade de São Vicente de Paulo (SSVP) do bairro Santa Cecília, onde mora, é igualmente motivo de comemoração. “Nossa intenção era apoiar em torno de 20 alunos carentes, mas esse número dobrou e ajudaremos mais. Esse sucesso pertence aos amigos das corridas – não só de Juiz de Fora, mas de toda a região e do estado do Rio de Janeiro”.

Mesmo após a corrida, o atleta ainda recebeu doações. Agora, se prepara para complementar os materiais e entregá-los ainda esta semana aos estudantes. “Agradeço a vocês, da imprensa, pela divulgação; ao Marcelo Montenegro (Tecnobit) e Fernando Costa (Super Amigos), que ajudaram nessa arrecadação; aos parceiros; e a todos que fizeram suas doações. Agradeço a cada um que colaborou com a campanha. Nós fazemos a nossa parte. Você também pode”, encerra orgulhoso.

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *