II Volta da Deusdedith é marcada por atraso e descontentamento dos corredores

Uma hora de atraso na largada, falta de hidratação, medalhas e troféus foram apenas algumas das principais queixas dos atletas que participaram da II Volta da Deusdedith neste domingo dos Pais, 10, em Juiz de Fora. Mesmo entre muitas desistências e inúmeras reclamações, Eberth Silva (Vidativa / Fullife / PopKids / Fripai), 25:28.0, e Andrileia do Carmo (Gemacon Tech / Bioforma), 33:09.4, merecem destaque por terem sido os grandes nomes do percurso de 8km.

DSCF8386

Eberth Silva cruzando a linha de chegada

Visões gerais

Para o pachequense, mesmo com os problemas de percurso do evento, o motivo era de alegria. ”Acho que essa prova teve uma dificuldade maior, o atraso. Isso prejudica todo mundo, porque tira nosso psicológico. Eles falam uma coisa, depois fazem outra… Mas acho que o atleta tem que estar preparado para isso e focar no melhor resultado possível, mesmo com todas as contradições. A prova difícil pelo percurso, mas, graças a Deus, consegui me sair bem com a ótima preparação que venho fazendo para o Campeonato Mineiro de Atletismo, semana que vem. Agora é tentar fazer uma boa prova em Belo Horizonte e conseguir um bom índice para o Brasileiro, em setembro”, antecipou Eberth.

DSCF8429

Já a juizforana encarou o momento como de reflexão. ”Foi uma prova fácil, só que o que atrapalhou foi o atraso. A gente ficou revoltado porque estava para sair às 8h, mas só largou 9h. E para quem tem pai ou é pai e está aqui, onde mora o respeito? Todos os atletas treinam muito, estão de parabéns e uma corrida assim deveria ser feita para conquistar mais corredores. Essa é minha primeira vitória este ano. Eu só considero campeão da corrida depois do funil. Quem está antes, falando que vai ganhar… não é assim. Temos que respeitar nossos colegas que estão lá para trás também. Mas está bom, graças a Deus”, destacou Andrileia.

Outros premiados

No geral masculino, quem subiu no pódio foram Jocemar Corrêa (Vidativa / Duduxo / 2º, 25:50.3), Ernani Souza (Tri Runner / Acorlaf / 3º, 26:28.3), Felipe Henrique dos Anjos (Viva Sport Club / 4º, 27:00.5) e Edson do Nascimento (SaúdePerformance, 5º / 27:09.2). Já no feminino, a premiação foi completada por Zirlene Santos (SaúdePerformance / 2º, 33:32,3), Amanda Oliveira (Real Mercês / 3º, 34:37.9), Débora Santos (Clube Bom Pastor / 4º, 35:01.0) e Mariângela Jenevain (Gemacon Tech / 5º, 35:33.5).

Por equipes, simbolicamente premiadas com troféus emprestados pelos corredores de elite, os destaques foram: Super Amigos (1ª, 248 pontos), SaúdePerformance (2ª, 218) e Tri Runner (3ª, 216), masculina; Gemacon Tech (1ª, 333), SaúdePerformance (2ª, 249) e Clube Bom Pastor (3ª, 235), feminina. O evento também contou com uma caminhada de 3km.

DSCF8600

Corredores conversando com o organizador Fernando Ortega

Palavra do organizador

Segundo dados extraoficiais, 1074 pessoas se inscreveram, 771 correram e cerca de 60 devolveram o chip por conta do atraso. Confira abaixo as explicações do organizador Fernando Ortega, responsável pela Make Eventos, sobre os principais questionamentos feitos pelos corredores:

* ATRASO: “Foi, de fato, um problema sério na organização. Admito isso. A gente contratou um grupo de pessoas para trabalhar – eram dois caminhões e um especialista em colocação de cones e grades de segurança. Ontem, até 23h, eles estiveram aqui com a gente e montamos o espaço interno até 2h. Fomos para casa dormir e, quando cheguei, às 6h, que já era para estar tudo pronto para a prova, mas não tinha nada. Foi aí que começaram os problemas. Arrumei uns meninos, coloquei numa caminhonete e eles saíram fazendo coisa que nunca tinham feito na vida. De cara, alguém atropelou nossos cones todos e tivemos que refazer tudo. Mas o principal problema mesmo foi a segurança. A Setrra estava muito certa de não deixar fazer sem segurança. Então, optamos por atrasar, deixar todo mundo com raiva, mas só liberar na hora que estava tudo seguro”.

* AMBULÂNCIA: “Chegou atrasada. Inclusive, fizemos um contrato de parceria com a empresa, para eles estarem aqui às 6h, montando um posto médico na Avenida. Acabou não acontecendo nenhuma dessas coisas. Ela só estava aqui no horário certo porque a prova atrasou. Se não tivesse atrasado, não estaria. Estou muito chateado e, como promotor de eventos há 35 anos, peço desculpas. Nunca vivi uma coisa desse gênero. Ser vaiado, com razão… parecia político em campanha. Dei razão para todo mundo que desistiu e devolveu o chip, só não dei razão para os profissionais que contratei. Mas, sobre isso, ainda vou ver o que faço”.

* HIDRATAÇÃO: “Tinha hidratação sim, e sobrou quase 3 mil copos de água. Colocamos três pontos com muita água, nos lugares onde as pessoas teriam mais ‘problema’, além do da chegada, que completava o quarto ponto. Mas acho que está todo mundo certo de reclamar, não adianta eu ficar só me lamentando”.

* MEDALHAS: “Teve medalha para todo mundo, até sobrou, e uma caixa com 300 medalhas foi roubada, como também roubaram a caixa de premiação das equipes”.

* FUTURO: “Ainda não penso em fazer uma próxima Volta da Deusdedith. A gente já ficou um ano sem fazer porque deu problema na primeira – não era minha, peguei essa prova agora. Ontem, para mim, estava tudo perfeito, funcionando legal. O problema é que me associei a pessoas que não cumpriram a parte delas, mas isso é problema meu. O organizador sou eu, quem tem que levar a culpa de tudo sou eu, e não fujo dela. Se fosse corredor, ia ficar muito chateado. Em compensação, a gente recebeu um monte de pessoas que correm há muito tempo falando que antes não tinha nada e agora tem a corrida… Trabalhamos nessa proposta durante um ano. Essa corrida, inclusive, vinha pela Lei de Incentivo este ano, mas não veio por conta de probleminhas com o patrocinador. Viria ano que vem, toda patrocinada, arrumada, bacana, ia ser uma coisa fantástica para o turismo de Juiz de Fora, mas não sei se vou fazer mais. Lógico que estou emocionado, chateado, muito mal e só tenho a pedir desculpas”.

Um comentrio
  1. Rita de Cássia Bello de CXarvalho
    Agosto 12, 2014 | Responder

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *