JF faz bonito no Campeonato Brasileiro de MTB XCO

* Priscila Oliveira; Foto de capa: Thiago Lemos / Divulgação CBC

Realizado no último domingo, 19, no distrito de Itaipava, em Petrópolis, região Serrana do Rio, o Campeonato Brasileiro de MTB XCO  teve participação cativa dos atletas juiz-foranos. Na Elite Masculina, Daniel Grossi (Groove/ Mr. Tugas/ Inpire, 1:29:03.122) consegui o melhor resultado entre os representantes locais com a sétima colocação, enquanto Thiago Aroeira (Isapa/ Oggi) e Frederico Zacharias também marcaram presença no circuito, formado por seis voltas de 4,2km cada. Já na Elite Feminina, com cinco voltas, Roberta Stopa (X-Fusion/ Damatta/ Cly Componentes/ Brou Team) subiu no pódio pela quinta colocação, com 1:40:32.732.

roberta no brasileiro de mtb xco - thiago lemos - div cbc

Após disputa na serra fluminense, Roberta Stopa segue para Desafio na região metropolitana de BH (Foto: Thiago Lemos / Divulgação CBC)

“Estive no percurso sexta e, no sábado, antes da prova, procurei fazer a melhor linha, fugindo de alguns obstáculos, que confesso: pela primeira vez, nem tentei ultrapassar. Medo? Sinceramente, não sei dizer. Com a pista em mente e sabendo que o físico seria muito mais importante do que transpor esses obstáculos, voltei para Juiz de Fora para descansar e ficar em família. No domingo, fui para a prova confiante em fazer o meu melhor, como sempre. As pernas estavam prontas, mas minha bike, não. Fiquei fora da briga por medalhas. Isso é o mountain bike, assim como os treinos”, declarou nossa colunista de Pedal e Ciclismo.

Apesar no Brasileiro não ter sido como esperado, a atleta se diz preparada para continuar na luta pela vaga dos jogos Rio 2016. “Vida que segue. É hora de colocar a casa em ordem e dar continuidade aos treinos, afinal a temporada ainda está na metade. Depois de muita luta com minha bike, parto para o Desafio Brou Bruto de Mountain Bike, em Itabirito. Ainda não tenho detalhes sobre a prova, mas vou usá-la como treino para continuar somando pontos nesse ciclo olímpico”. A disputa, na região metropolitana de Belo Horizonte, acontece neste domingo, 26.

brasileiro de mtb xco ricardo leite - pessoal

Ricardo Leite e seu troféu Master C1 (Foto: arquivo pessoal)

Dupla comemoração

Na categoria Master C1, com três voltas e formada por mountain bikers de 50 a 54 anos, Ricardo Leite (Pulse Academia/ Bike Force) também chegou ao pódio, em 4º lugar (58:20.091). Além de comemorar a marca pessoal, ele também fez questão de destacar a atuação da colega e conterrânea Silvia Caruso (Pulse Academia, 1:18:24.133), premiada na quinta posição da Master Feminino (também com três voltas) em sua estréia na modalidade cross country. “Começamos a adaptação na pista de XCO do Marcelo Pantani, porque nossa modalidade era mais voltada para maratonas de MTB. Encaramos esse Brasileiro com muito mais disposição do que técnica. Na correria do dia a dia, fomos tentar treinar na sexta à tarde para reconhecer a pista, com fama de ser mais dura do que as internacionais. Conseguimos dar apenas uma volta, no final do dia, mas deu para testar alguns obstáculos”, contou.

brasileiro de mtb xco silvia caruso no pódio - pessoal ricardo leite

Silvia Caruso, 5º lugar na Master Feminino (Foto: arquivo pessoal / Ricardo Leite)

Já na largada da prova, Ricardo diz ter saído forte e alcançado sua segunda (e planejada) colocação, mas, numa subida antes do “rock garden”, a marcha da bicicleta embolou, travando na subida. Resultado: perdeu três posições. “Voltando à corrida, recuperei uma posição e tentei buscar o terceiro lugar, que tinha um forte adversário. Estava numa distância em que não conseguia andar perto para pressioná-lo. Cheguei em 4º numa corrida de recuperação e foi bom, perto do tempo perdido. E a Silvia andou entre as três primeiras colocadas. Estava em terceiro lugar quando arrebentou a corrente de sua bike. Mesmo assim, não desistiu e fez o circuito completo, correndo a pé, empurrando a bicicleta”.

Mais JF

Entre os representantes de Juiz de Fora que também fizeram bonito na competição estiveram Walmir Terra e Wellington de Oliveira (Bagal Bikes).

Clique AQUI para conferir a classificação do Campeonato Brasileiro de MTB XCO.

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *