Jocemar Corrêa e Amanda Oliveira vencem Corrida da Fogueira. Confira os resultados

* Priscila Oliveira ; Foto de capa: Hugo Keyler

Numa edição excepcionalmente realizada domingo, a tradicional Corrida da Fogueira, de Juiz de Fora, voltou a movimentar a Avenida Rio Branco ontem (28). Com um número visível e consideravelmente menor de participantes, a prova manteve 7km de percurso, além de largada e chegada na praça do bairro Bom Pastor.

DSC_0681m

Jocemar Corrêa no topo do pódio masculino (Foto: Hugo Keyler)

Título inédito

Tetracampeão do Ranking e vice-líder das disputas locais nesta temporada, o atleta juiz-forano Jocemar Corrêa (Viva Chacarense) comemorou seu primeiro título na Corrida da Fogueira. Ele foi o grande nome do circuito e cruzou a linha de chegada aos 23min34s, deixando para trás os colegas Francisco Lima (CRIA UFJF, 2º), Robison Gomes (Vem Correr, 3º), Aristides José Bastos (Vem Correr/Sinergia, 4º) e Luiz Fernando Jr. (Todos pela Inclusão/ALAE, 5º).

“Para mim, vencer a Fogueira é um sonho realizado, porque todo corredor sonha em ganhar essa corrida. Já tinha ficado em 2º, 3º e 4º lugar antes, mas falava com Deus que eu precisava ganhar essa prova ainda. Este ano, graças a Deus, deu para vir bem e vencer. Essa é a prova de que o meu trabalho tem dado certo, pois faz quatro ou cinco meses que estou por conta de corrida e tenho sentindo uma diferença muito grande, inclusive com suportes que eu não tinha até o ano passado”, comemorou o campeão.

fogueira fem

Amanda Oliveira se manteve invicta no percurso (Foto: arquivo pessoal/Alexandro Vale)

Bicampeã ‘tranquila’

Na categoria feminina, o principal destaque voltou a ser a mercesana Amanda Oliveira (Fac. Granbery/Ed. Física). Campeã da Corrida da Fogueira em 2015, ela não só se manteve imbatível como ainda conseguiu baixar sua marca em relação à edição anterior – de 28min42s para 27min25s. “Para mim a corrida foi tranquila. Consegui fazer uma prova melhor do que no ano passado, me senti muito bem durante o percurso, mas sempre busco melhorar. As adversárias estão juntas, querem ganhar também, mas o importante é estar sempre firme e forte para tentar alcançar a vitória. Vim com a consciência tranquila. Apesar de a organização ter sido ‘péssima’, pelo menos a premiação não demorou tanto dessa vez”.

Fazendo nova dobradinha granberyense, Aline Barbosa garantiu o vice, enquanto Claudete Nunes (R21 Sports/Pódio das Frutas), Aline Braga (Gemacom Tech/ Tate Lyle) e Simone Andrade completaram o pódio feminino do 3º ao 5º lugares, respectivamente. Entre as Pessoas com Deficiência (PCD), vitória de Alexandre Ank (Todos pela Inclusão/ALAE, 27min17s) e Tina Costa (Loucos por Corrida JF, 38min36s) nos gerais. A classificação, de responsabilidade da CronoTag nesta edição, não contempla oficialmente os títulos por equipes.

CLIQUE AQUI para conferir os resultados da 69ª Corrida da Fogueira.

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *