Juiz-foranos conquistam ótimos resultados no Ironman Florianópolis

* Informações: Leticia Moraes (Assessoria / Vidativa)

Hugo Amaral, Fernando Costa, Rafael Bellei, Cláudia Scaldini, Thiago Alvim e Bruno Alvim - Divulgação VidAtiva

Hugo Amaral, Fernando Costa, Rafael Bellei, Cláudia Scaldini, Thiago Alvim e Bruno Alvim (Foto: Divulgação / Vidativa)

O último domingo, 31, foi de muita emoção para os atletas juiz-foranos que representaram a equipe Vidativa no Ironman Florianópolis, considerado o maior evento da modalidade no mundo. O grupo, formado por Bruno Alvim, Cláudia Scaldini, Gabriel Galil, Fernando Costa, Hugo Amaral, Rafael Bellei e Thiago Alvim, encerrou o desafio de enfrentar 3,8km de natação, 180,2km de ciclismo e 42,2km de corrida.

Além de triatleta, Hugo Amaral é o treinador da equipe e ficou muito satisfeito com o desempenho na capital catarinense. “Todos os nossos triatletas melhoraram suas marcas, e os estreantes tiveram um excelente resultado, mostrando que o comprometimento e a dedicação durante os treinos valeram à pena e fizeram diferença, destaca. Ele foi dono da melhor marca entre os conterrâneos, cruzando a linha de chegada após 9h30. Com isso, conquistou o 9º lugar da categoria 25-29 e ficou entre os ‘top 100′ da prova, com a 83ª colocação.

Quem também teve destaque foi a estreante e única mulher do “time”, Cláudia Scaldini, que completou os desafios em 10h51min, chegando em 7º entre as atletas de 25 a 29 anos. Thiago Alvim e Rafael Bellei concluíram o percurso em 10h09; Bruno Alvim com 10h44min; Gabriel Galil ao final de 10h58min; e Fernando Costa em 11h39min.

10599175_10155723443220157_773914787052511002_n

Renato Lucas cruzando a linha de chegada do Ironman (Foto: arquivo pessoal)

Sonho realizado e próximos eventos do Ironman Brasil

Outro triatleta que representou muito bem a cidade no evento foi Renato Lucas, que fechou a competição com 10h18min e, pelas redes sociais, definiu esse momento como a realização de um sonho. “Inexplicado, emocionante, sofrido, doloroso, prazeroso. Tive o apoio de quem mais gostava de mim e, durante dez horas, pensei em cada amigo e familiar que estava torcendo por mim. Foi um dos momentos mais felizes da minha vida e passa um flash de toda a luta diária dos treinos nesses últimos anos – toda abdicação em busca de um sonho que se tornou real”.

Com duas etapas concluídas, sendo a primeira em Brasília (DF), no mês de abril, o calendário do Ironman Brasil chega à Usina de Itaipu (PR) em agosto, na versão 70.3 (1,9km/90,1km/21,1km – conhecida como ‘meio Iron’), e termina com uma disputa em Fortaleza (CE), mantendo as distâncias tradicionais (3,8km/180,2km/42,2km), em novembro.

CLIQUE AQUI para saber mais sobre o Ironman Brasil.

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *