Juizforanos dão pontapé inicial na temporada 2014 da Copa Troller

Enquanto Weidner Moreira responde pela direção de prova, Pedro Agrelle, Rodrigo Peternelli e Matheus Mazzei representam a cidade nas etapas da competição
As duplas devem percorrer 170km pela capital paranaense na
primeira etapa (Foto: Doni Castilho / Divulgação Troller )
A 12ª temporada da Copa Troller começa neste sábado, 17, em Curitiba (PR), e os competidores de Juiz de Fora, que já participaram de algumas etapas em edições anteriores, estão prontos para completar o ciclo dessa vez, correndo todas as provas do Campeonato Sudeste, agendadas até o final do ano. Enquanto a dupla Pedro Agrelle e Rodrigo Peternelli (AMZ Racing) se baseia nos bons resultados do último Rally Transparaná para voltar às competições, o navegador Matheus Mazzei aproveita o ritmo das corridas no Transbahia e na Mitsubishi Cup para retomar a parceria com o piloto Wander Eduardo, de Belo Horizonte. Porém, para conquistar os tão desejados pódios da categoria Master, a mais disputada do rally de regularidade, eles precisam enfrentar as pegadinhas criadas pelo conterrâneo, navegador nas horas vagas e diretor de prova, Weidner Moreira.
“São 170km no total, com 4h30 de rally. As duplas vão andar na região de São José dos Pinhais (PR), numa área de reflorestamento muito show. O piso será bem cascalhado nas estradas e, no reflorestamento, um piso liso. Mas, se chover, vai ficar muito liso”, antecipa Moreira, lembrando que a largada do primeiro carro está marcada para as 8h31.
Rodrigo e Pedro em Ivaiporã, durante o Rally Transparaná 2014
(Foto: Divulgação / AMZ Racing)
Para esquentar de novo
Mesmo participando de apenas quatro etapas da Troller no ano passado, a AMZ Racing se orgulha por ter alcançado o sétimo lugar da Master. “Os outros competidores estão andando forte quase todo fim de semana, mas estamos um pouco frios, já que não corremos desde o Transparaná. Mesmo assim, estamos focados em andar bem esse campeonato”, revela Agrelle.
Prevendo a participação da equipe em provas como Ibitipoca Off Road e Caminho Novo Off Road, o piloto acredita que conhecer as terras curitibanas não deve influenciar tanto no resultado da equipe durante a abertura da Copa. “Cada etapa é muito diferente uma da outra. Andamos em Curitiba, mas, provavelmente, a prova será num lugar diferente e não vamos saber nada. Só dá para saber na hora mesmo. A previsão é de chuva, então, vamos ver”, completa o piloto.
Por outro lado, confiança e cautela são o que não faltam para Peternelli. “A expectativa inicial é de ganhar. Vamos com tudo para essa primeira etapa. Sabemos que os desafios serão grandes, porque o normal é que seja uma prova pegada, de balaios e médias justas, sempre com uma navegação difícil. Não temos chances para erros. Uma bobeira, vai tudo por água abaixo”.
Weidner (segundo) e Matheus (boné) com os conterrâneos
Marcelo Mendes (primeiro) e Breno Rezende (rosa)
(Foto: Dudu Mazzei)

 

Inspiração para as próximas
Para Mazzei, que correu pela categoria Graduados em 2010 e na Master ano passado, com o próprio Eduardo, a competição é uma chance de ficar cada vez mais atento às referências – tanto nas disputas de regularidade quanto nas de velocidade. “Gosto muito do tipo de prova que é a Copa Troller, porque a gente não pode dar bobeira. A prova é muito técnica e com grandes nomes do rally nacional. Por isso, minha única estratégia é me concentrar bastante e ficar à disposição do piloto sempre”.
O navegador se espelha num conterrâneo para mostrar sua expectativa sobre o campeonato. “Juiz de Fora tem fama de ter grandes navegadores, e isso não é mentira. O Wander corria com o super campeão Wagão de Paula, que é um dos professores da nossa geração. Como, por motivos pessoais, ele deu uma pausa no rally, pintou esse convite para mim. É uma responsabilidade de peso, mas me dá ainda mais disposição de fazer o trabalho bem feito. Quero ir com o mesmo objetivo de sempre: vencer”, encerra.
Roteiro do campeonato
A Copa Troller possui provas de regularidade nas categorias Master, Graduados, Turismo, Expedition e Passeio. Após Curitiba (PR), o campeonato Sudeste segue para as cidades de Águas de Lindóia (SP), Angra dos Reis (RJ), Joinville (SC), Betim (MG) e Itu (SP). Já a temporada Nordeste começa ainda este mês, em Maceió (AL), passa pelas capitais Salvador (BA) e Natal (RN), e termina em Fortaleza (CE). O calendário dos competidores termina em novembro.

 

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *