Lançado Regulamento do 30º Ranking de JF

* Priscila Oliveira; Foto de capa: Hugo Keyler

Marcado para começar neste domingo, 28, com a quinta edição da Corrida da Saúde Suprema, o 30º Ranking de Corridas de Rua de Juiz de Fora teve seu Regulamento Geral lançado na noite desta quarta-feira, 24, pela Secretaria de Esporte e Lazer (SEL) da Prefeitura. Além de enfatizar que “a inscrição realizada pelo atleta ou pela pessoa autorizada é pessoal e intransferível”, não havendo substituição do participante cadastrado em “hipótese alguma”, o documento oficializa o valor das inscrições em R$50 até quinze dias antes da realização da prova e R$65, até sete dias do evento acontecer, podendo o organizador encerrar os cadastros a qualquer momento, caso o limite mínimo de mil cadastros seja atingido.

pcd

Atletas da categoria PCD, sem exceção, passam a largar 5 minutos antes de todas as etapas (Foto: Hugo Keyler)

PCD e equipes

Descrita até a temporada passada como PNE (Portadores de Necessidades Especiais), a agora nomeada categoria PCD (Pessoas com Deficiência), voltada para deficientes físicos, visuais, intelectuais, auditivos e cadeirantes, permanece com isenção de taxa nas corridas, “mediante apresentação do LAUDO que comprove ser portador de deficiência no ato da inscrição”. Uma cópia do documento deverá ser previamente entregue à SEL para que seja encaminhado e avaliado pela Secretaria de Desenvolvimento Social (SDS), até que o atleta seja definitivamente autorizado a realizar seu cadastro para as etapas do Ranking.

Quem pretende cadastrar equipes também precisa ficar atento, pois a formação delas depende diretamente da classificação geral e por faixa etária dos atletas na última edição das rústicas juiz-foranas.  “Os atletas que não e classificaram entre os 5 (cinco) primeiros lugares de cada faixa etária e também não estejam estre os 10 primeiros na classificação geral no ano de 2015 não terão pontuação para formação de equipe”. Atendendo aos requisitos, estarão aptos a pontuar por seu grupo de corrida todos que completarem o percurso válido pelo Ranking entre os 50 primeiros colocados gerais, porém, desde que estejam devidamente inscritos por equipes.

DSC_0049

Categoria Elite é a segunda bateria a largar nas corridas e tem premiação em dinheiros para os 5 primeiros gerais masculinos e femininos ao final da temporada (Foto: Hugo Keyler)

Classificação individual e pontuação 

Para se classificar e pontuar no Ranking, mais do que estar efetivamente inscrito nas provas de 2016, o atleta deve, obrigatoriamente, “fixar o número na altura do peito (parte frontal da camisa) e o chip no tênis, na posição horizontal”, sendo obrigado a vestir camisa, camiseta ou top que possibilite a fixação do número. Caso contrário, mesmo portando número de peito – não é permitida sua fixação nas costas ou na parte lateral do corpo –, o participante estará passível de desclassificação. O chip também é intransferível, cabendo julgamento e até desqualificação de quem infringir a determinação, para essa e para a próxima temporada de corridas oficiais na cidade.

O Regulamento Geral informa, ainda, que os 20 primeiros colocados gerais, masculinos e femininos, na temporada 2015, estão automaticamente habilitados a largar no pelotão de Elite. Quem não estiver nessa condição e quiser pleitear sua largada na bateria mais competitiva das provas deverá formalizar o pedido junto à Secretaria de Esporte e Lazer, que vai avaliar o caso levando em consideração uma série de itens. As pontuações para classificação geral, por faixa etária e das equipes seguem os mesmos critérios do ano passado.

infantil

Onze dos 14 desafios oficiais terão etapas infantis (Foto: Hugo Keyler)

Calendário e corridas infantis

Este no, uma novidade traz luz ao incentivo da prática esportiva pelas crianças: a adesão de outros organizadores à realização de corridas infantis. Das quatorze provas programadas (Suprema, Fripai, Alemã do Werther, Unimed, Granbery, Liga de Ouro, Meia Maratona, ADJF, Doutores do Amor, Nota 10, Camilo dos Santos, Solidária da Ascomcer, Asfalto de Chácara e Tecnobit, entre os meses de fevereiro e novembro), onze terão percursos especialmente voltados para os pequenos, sempre com distâncias de 50m a 1km, divididas de acordo com cada faixa de idade.

Premiação em dinheiro

Além da tradicional premiação final do Ranking para os 10 primeiros colocados gerais, 5 primeiros por faixa etária (tendo completado obrigatoriamente de 40% das etapas realizadas), três primeiras equipes masculinas e femininas, e PCDs de acordo com sua categoria específica, dessa vez, os cinco primeiros atletas classificados no geral masculino e feminino recebem não só troféus e medalhas, mas uma premiação especial em dinheiro: R$1200 (1º), R$800 (2º), R$600 (3º), R$500 (4º) e R$400 (5º).

 Clique AQUI para conferir o Regulamento Geral do 30º Ranking de Corridas de Rua de Juiz de Fora.

Um comentrio
  1. Ernani
    Fevereiro 25, 2016 | Responder

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *