Luiz Mauricio Dias é convocado para o Sul-Americano Sub-20, na Colômbia

*Reportagem: Priscila Oliveira

Os últimos 30 dias foram de boas novas para o jovem Luiz Mauricio Dias, de 19 anos, representante da equipe CRIA UFJF nos lançamentos de dardo e disco. Tudo começou em 04 de maio, quando não só venceu o Campeonato Mineiro Sub-20, em Belo Horizonte, mas ainda alcançou o índice para disputar o Pan-Americano da categoria, em julho. No último domingo, 02, o atleta voltou a fazer bonito – dessa vez, no Campeonato Brasileiro, em Bragança Paulista (SP). O apanhado de bons resultados ficou completo nesta terça-feira, 04, quando foi divulgada a lista oficial de convocados para o Sul-Americano Sub-20, que será disputado em Cali, na Colômbia, nos próximos dias 15 e 16.

“Eu fiz a marca de 70,04m no Mineiro, sendo que o índice era 68,48m. Era uma marca que eu já estava treinando e conseguindo fazer nos treinos. Também foi uma marca para me ajudar na temporada, porque eu só teria duas competições para tentar alcançar o índice, e consegui na primeira. No disco eu fiz 52,12m e ganhei a prova. Com isso, fiquei mais tranquilo para o Brasileiro, para tentar acertar uma marca ainda melhor”, lembra.

Representante do CRIA UFJF venceu o lançamento de dardo no Campeonato Brasileiro, em Bragança Paulista (SP), e carimbou passaporte para a Colômbia (Foto: Wagner Carmo/Div. CBAt)

E não deu outra, como destaca o treinador Jefferson Verbena. “Assim como no Mineiro, ele competiu o Brasileiro no dardo e no disco, sendo campeão no dardo com 69,72m, uma marca que ratifica o índice para o Sul-Americano. Além disso, ficou em 2º lugar no disco, fazendo a melhor marca dele: 56.44 na final”.

Melhor da América do Sul

Segundo Luiz Mauricio, a contagem regressiva para os desafios em solo colombiano está a todo vapor. “O Sul-Americano está chegando. É uma das principais competições do ano. Estou treinando bem, tenho tudo para melhorar ainda mais a marca do índice”, adianta. Com isso, a determinação para o Pan-Americano só aumenta. “Estou mais confiante e mais tranquilo também. O Pan vai ser em San Jose, na Costa Rica, entre os dias 19 e 21 de julho. A Confederação Brasileira (CBAt) vai nos auxiliar em tudo; é só viajar. Meus treinos foram voltados para o Brasileiro, exatamente para eu chegar bem no Pan. Minha intenção é brigar por medalha, porque sou o melhor ranqueado da América do Sul no dardo e o segundo no disco”.

Entre os principais pontos a serem trabalhados pelo jovem atleta está o psicológico – fator que o impediu de ir adiante no Campeonato Mundial Sub-20, do qual participou no ano passado, na Finlândia. “Aprendi muito com a competição que eu perdi, e que foi a minha primeira internacional. Por isso, o objetivo é sentar e ver os erros, para tentar alcançar bem mais do que a qualificação (quando todos os inscritos participam das provas, indo para a final somente os 12 melhores). Quero chegar bem mais tranquilo, tanto no Sul-Americano quanto no Pan-Americano. Estou me preparando muito bem, estou mais focado e vou sentir bem menos a pressão. Vou conseguir competir bem, se Deus quiser”, conclui.

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *