MEDICINA DO ESPORTE: Uso de esteroides anabólicos

Muitas pessoas dedicam parte do seu tempo em busca de saúde e qualidade de vida praticando esportes. Outras, tem uma preocupação com a questão estética e se dedicam ao “culto ao corpo” – o que é válido, desde que seja feito de forma equilibrada e com orientação profissional. O grande problema são os exageros, que podem levar à sobrecarga e lesões. Uma forma equivocada de tentar melhor performance é o uso de esteroides anabólicos, que são as drogas mais utilizadas no esporte. São compostos químicos sintéticos que imitam os efeitos anabólicos da testosterona.

esteroides anabolizantes - rep maromba pura

O uso dessas substâncias está relacionado ao aumento da força, da potência e da resistência da contração muscular, porém, elas são proibidas pela WADA, que é a agência mundial antidoping. Entretanto, essas drogas também começaram a circular no meio esportivo não competitivo, e é aí que mora o perigo. Seu uso pode levar a efeitos colaterais muito sérios – sendo assim, o tiro sai pela culatra.

Seria importante, ainda, citar alguns desses efeitos para que tenhamos noção desse problema. Vamos lá… Crescimento de pelos no corpo e na face, queda de cabelo, aumento da oleosidade da pele, acne, agressividade, hepatite tóxica, diminuição do colesterol bom e aumento do ruim, aumento da pressão arterial, arritmias cardíacas, engrossamento da voz nas mulheres, câncer de próstata, fígado e mamas, entre outros.

Fica, então, o alerta: Se você usa, pare imediatamente e procure um médico para uma avaliação clínica. Se conhece alguém que use, converse com essa pessoa para que ela saia dessa. O esporte deve ser uma atividade que promove saúde, e não doença.

Saúde em equilíbrio, esse é o objetivo!

Dr. Fernando Mascarenhas Duarte Mendes
Médico Especialista em Acupuntura e Ortopedia
CRM – 25937 / Tel: (32) 3214-5805
drfernandomascarenhas@yahoo.com.br
* Imagens: Reprodução web / Nossa Gente / Maromba Pura

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *