Corredores mineiros ficam entre os melhores brasileiros da São Sebastião

* Priscila Oliveira; Fotos de capa: arquivo pessoal

Na sexta-feira passada você viu aqui no Rumo Certo a expectativa dos atletas da região para a corrida mais tradicional do Rio de Janeiro, a São Sebastião. Focados nos treinos de base para uma temporada que promete resultados ainda melhores, eles fizeram bonito na elite dos 10km e até garantiram pódios gerais do circuito, realizado em homenagem ao padroeiro da capital fluminense, no último sábado, 20. Cerca de 5 mil participantes se dividiram também nas provas de 5km e modalidade infantil.

27144719_1761181367236433_603759227_o

Gilmar Lopes, de branco, garantiu a 3ª colocação e foi o melhor atleta nacional nos 10km (Foto: arquivo pessoal)

Como já era esperado, os quenianos dominaram o trajeto pelo Aterro do Flamengo e garantiram o topo das classificações gerais, puxadas pelos corredores Edwin Rotich (29min35s/ Coquinho-Fila/ Bioleve, seguido de Paul Kipkemoi, Luasa), no masculino, e por Paskalia Kipkoech (35min31s/ Coquinho-Fila/ Bioleve, seguida de Esther Kakuri, Luasa), no feminino.

“Uma hora vai”

Representante de São Miguel do Anta, Gilmar Lopes (Cruzeiro) foi o melhor brasileiro nos 10km, em 3º lugar, e foi premiado ao lado de Giovani dos Santos (Natércia, Sul do estado / Pé de Vento, 4º) e Valério Fabiano (Cruzeiro, 5º). Em entrevista ao Estadão, ele analisou o tempo de 29min55s – apenas 20s atrás do campeão. “Essa corrida é uma grande festa. Já perdi as contas de quantas vezes fui segundo colocado nessa prova, mas ainda não desisti de ser campeão. Uma hora vai chegar”.

Com o pé direito

s sebastião rj pódio feminino - arq pessoal

Jéssica Ladeira, à esquerda, garantiu o 4º lugar e foi a melhor brasileira na prova (Foto: arquivo pessoal)

Já em 4º lugar no feminino, a ubanese Jéssica Ladeira (Filé&Márcia Narloch) também vibrou pela melhor classificação nacional entre as mulheres do percurso, com a marca de 36min28s:

“Estou começando o ano com o pé direito. Corri os 10km da São Sebastião quando tinha 17 anos e agora (com 23) corri novamente. É muito gratificante conseguir voltar e ser a brasileira mais bem colocada”, enfatizou ao Estadão. Atrás da também queniana Leh Jerotich (Coquinho-Fila/ Bioleve, 3º), ela e Adriana Domingos (5º) completaram a premiação.

Top 20

Ainda entre os destaques de Minas Gerais no desafio pela Cidade Maravilhosa, o juiz-forano Jocemar Corrêa (Apuã Vertical) e a mercesana Amanda Oliveira (Fac. Granbery/Ed. Física/ Real Mercês/ Sicoob/ NutriMais) ficaram no ‘top 20′ da São Sebastião – ele em 11º e ela, em 9º.

CLIQUE AQUI para acessar os resultados da Corrida de São Sebastião (RJ).

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *