Mitos e verdades sobre a queima de gordura

Sou muito grato por poder ajudar as pessoas a se alimentarem melhor e atingirem seus objetivos. Para um profissional de saúde, ver seu cliente alcançar uma meta é uma realização pessoal! Contudo, muitas vezes, me deparo com pessoas que chegam ao meu consultório com diversas informações equivocadas sobre nutrição e, principalmente, sobre nutrição esportiva.

Reuni neste artigo os assuntos que mais me deparo por aí:

mitos sobre queima de gordura - rep protreine

Imagem: Reprodução/ProTreine

1. Comer de três em três horas aumenta o metabolismo?

Essa é uma das clássicas… Desde sempre, os nutricionistas preconizam a alimentação intervalada de 3 em 3 horas. Em algum ponto do caminho, foi instituído que essa estratégia aumentasse o metabolismo. Esse é nosso primeiro mito! Essa antiga estratégia funciona muito bem para a redução de gordura, mas não é capaz de aumentar seu metabolismo de forma relevante.

Intervalos menores menores evitam que você sinta aquela fome aterradora, que incapacita até mesmo de pensar e acaba te fazendo optar por aquela coxinha gordurosa ou aquele hambúrguer ‘detona-dieta’!

2. Dormir com fome emagrece?

Nãããããoooo!!! Essa é uma prática comum, que é totalmente contraindicada para qualquer caso. É durante o sono que recuperamos todo o organismo, dos músculos ao cérebro. Dormir em privação de alimentos e nutrientes faz com que sua recuperação seja muito prejudicada, culminando em um dia seguinte mais cansado, em um treino mais difícil e, por fim, em resultados prejudicados. Como se não bastasse, dormir sem comer aumenta a utilização de proteínas como fonte energética, aumentando o metabolismo. Óbvio que isso não quer dizer que você deve encarar um ‘giga-prato’ de feijoada antes de dormir, mas uma refeição leve e equilibrada fará toda a diferença!

mitos sobre queima de gordura - rep dieta e alimentação

Imagem: Reprodução/Dieta e Alimentação

3. Aumentar a ingestão e proteínas emagrece?

Segundo estimativas, gastamos em média 35% de energia ingerida nas proteínas apenas no processo de digestão de absorção das mesmas, portanto, aumentar a ingestão proteica ao longo do dia favorece a perda de peso sim, por queimar mais energia que outras fontes. Porém, não adianta aumentar a proteína, o carboidrato e a gordura. Cada um no seu ‘quadrado’, hein?!

4. Retirar o carboidrato à noite emagrece?

Esse aqui é e não é um mito, e precisa de cuidado. Naturalmente nosso metabolismo diminui à medida em que a noite vai chegando – isso é uma resposta normal do ciclo circadiano, o nosso ‘reloginho’ biológico. É ele quem determina a hora de dormir, de acordar, a produção hormonal, entre outros fatores. À noite, não só temos o metabolismo diminuído como também geralmente temos um nível de locomoção e de atividade física menor. Pessoas que treinam à noite fogem à regra, mas diminuir o carboidrato noturno se faz necessário, caso queira reduzir os níveis de gordura ou mesmo evitar que aumentem.

mitos sobre queima de gordura - rep emagrecer

Imagem: Reprodução/Emagrecer

5. Chá verde emagrece?

O chá verde é uma bebida que, além de conter catequinas boas para a saúde, é rico em cafeína. No fim das contas, tem o mesmo efeito que o café, o mate, o gengibre, a pimenta, entre outros. São alimentos termogênicos e podem ajudar a acelerar seu metabolismo e, por consequência, perder gordura. Contudo, não são ‘mágicos’ e, sem treino e dieta, o máximo que vai acontecer é atrapalhar seu sono à noite.

Esses são os assuntos mais ouvidos no consultório, e agora você já sabe como proceder. Caso tenha alguma dúvida, é só mandar pra gente. Lembrando que cada pessoa tem uma especificidade de alimentação única. Procure um Nutricionista para saber como perder gordura com qualidade e sem sofrimento.

Henrique Casal
Nutricionista – CRN9 16447
Contatos: hacasal@gmail.com / (32) 99955 -1788
Instagram: @nutricionista.henriquecasal
* Foto de capa: Reprodução/Emagrecimento Urgente

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *