MONTANHA: Juiz-foranos vencem Fluminense de Corridas

* Priscila Oliveira; Foto de capa: Heitor Rodrigues / Divulgação

Passadas onze etapas, o Campeonato Fluminense de Corridas de Montanha chegou ao fim no último sábado, 21, em Paraty, consagrando atletas de Juiz de Fora com os principais títulos da temporada. Na tradicional categoria Longo, Carlos José Esteves (Caju* – Inpire/ Corpo e Cia.) e Thaís Matta foram os grandes campeões gerais, enquanto o conterrâneo Eloiso André (Inspire) também ficou com o topo do pódio, mas da Meia Maratona, modalidade que estreou nesta edição do circuito.

paraty caju no pódio - pessoal

Caju Esteves: campeão geral da categoria Longo (Foto: arquivo pessoal)

Agora, eles anseiam pela premiação oficial de 2015, prevista para acontecer no dia 16 de janeiro, na abertura das próximas disputas, em Maromba, distrito de Itatiaia.

Satisfação total 

Orgulhoso por conseguir participar de todas as etapas do Campeonato, Caju chegou ao fim do calendário acumulando cinco vitórias, cinco vices e um terceiro lugar. E ainda confessa: não esperava ser campeão este ano. “A intenção era ficar entre os três primeiros, mas, logo na primeira corrida do ano (Teresópolis), consegui chegar em primeiro e a esperança aumentou. Foi muito difícil conciliar todas as corridas, por serem uma vez por mês. Mesmo assim, graças a Deus e aos meus amigos, consegui”.

Para o ano que vem, as metas já estão sendo traçadas – porém, com mais cautela. “Vou continuar correndo nas montanhas, mas sem acompanhar este campeonato. Vou continuar treinando forte e participar de menos provas para tentar sempre uma boa colocação”.

eloiso andré - pessoal

Eloiso Esteves: campeão geral da Meia Maratona (Foto: arquivo pessoal)

Por patrocínio

Quem também se diz completamente satisfeito com a assiduidade nas provas e a marca expressiva é o colega de treinos e jornadas de Esteves, Eloíso André. “Foi top. Todas as etapas tiveram nível alto de dificuldade – ainda mais na Meia, que é o percurso maior e, às vezes, é a soma de dois percursos – você faz a Longo, passa pela largada novamente e recomeça a Curto (outra modalidade do Campeonato). Aí, o psicológico tem que estar top.  Corri até lesionado algumas vezes, mas compensou. Consegui manter uma regularidade na faixa etária (40-45), sempre do 1º ao 4º lugare, e com um vice geral em Petrópolis”, avalia.

Em busca de patrocínio para encarar outros desafios, o atleta cita alguns pontos negativos do Campeonato Fluminense, mas pondera. “Com certeza valeu a pena, apesar de algumas falhas. A corrida em si recompensa tudo. Espero que consiga participar ano que vem de novo, mas é muito complicado e oneroso participar de todas as etapas”.

paraty thaís - pessoal

Thaís Matta: campeã Longo feminino (Foto: arquivo pessoal)

Destaque feminino

Melhor representante da cidade na categoria feminina, Thaís Matta (IV Clima/ SaúdePerformance) não esconde a alegria. “É uma felicidade que não cabe em mim. Ganhar o título de um campeonato é algo que nunca imaginei – ainda mais em algo bem recente, afinal, corro há apenas um 1 ano e meio, sendo que montanha faz um ano. É gratificante demais ver que meus treinos tem valido a pena e ser consagrada campeã na modalidade que virou minha paixão”, revela.

Mesmo ausente em três etapas, no acumulado, a corredora garantiu três vitórias, dois vices, um 1º lugar por categoria (18-29) e um 3º geral. Planejamento é a palavra certa para a próxima temporada. “Não pretendo correr mais esse campeonato. Como vou começar faculdade no ano que vem, terei que diminuir minha frequência nas provas – além do que, farei a Maratona do Rio, em maio. Pretendo correr poucas provas de montanha, mas de nível maior, como a KTR, em abril”.

Clique AQUI para conferir a classificação de Paraty no Campeonato Fluminense de Corridas de Montanha.

* Caju Esteves é apoiado por Rumo Certo, com patrocínio de Lakshmi, Corpo e Cia, ACP Suplementos, Mito Sport, Salão Grimaldo’s, MinasCell, Raigiltec e Casa do Pneu.

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *