Musculação: Como treinar para manter os resultados

musculação e resultado - blog test trainer

Imagem: Reprodução / blog Test Trainer

Olá, Caros Leitores! Tão importante quanto treinar para obter ganhos na performance e estética corporal é treinar para que os resultados obtidos permaneçam por longos períodos. Porém, não é tão simples quanto parece. É fundamental o planejamento das estratégias de treino para que se alcance uma ótima capacidade física e que essa se mantenha efetivamente.

Mas, o que devemos fazer a fim de definir os ganhos e evitar o efeito sanfona do condicionamento físico?

Sabemos que, para obter melhoras, devemos treinar acima da nossa “zona de conforto”, em outras palavras, devemos treinar pesado para que as alterações fisiológicas promovam as adaptações e mudanças desejáveis. Contudo, nosso organismo não suporta treinos intensos por períodos prolongados – e nem recomendo que assim o faça, pois cada capacidade física tem seu limite fisiológico de tolerância a estímulos intensos. Tais capacidades físicas (como força, velocidade, resistência etc.) dependem de uma quantidade ótima de estímulos para que se desenvolva ao seu potencial máximo. Essa “quantidade ótima”, ou volume de treino, pode ser obtido através da aplicação de cargas de treinamento progressivas, de forma que se alterne o treinamento em fase de desenvolvimento, manutenção e recuperação. Isso vale também para quem visa apenas estética corporal, uma vez que a hipertrofia muscular é uma adaptação morfológica do treinamento contra resistência; é indicado para variar as intensidades de treinamento para que a hipertrofia muscular ocorra.

“Para que o treinamento ( e seus resultados) seja sustentável, ele não deve interferir negativamente no sistema. Assim, além de usar métodos para amenizar o estresse, devemos nos preocupar com as estruturas articulares, sistema imunológico, contexto social” (GENTIL, 2014).

musculação e resultado treinamento excêntrico - rep global fitness

Treinamento excêntrico (Imagem: Reprodução / Global Fitness)

Como treinador, quando o assunto é hipertrofia e estética corporal, planejo o treinamento com algumas fases de alta intensidade intercaladas com períodos de recuperação, a fim de que o aluno consiga render o máximo em todas as etapas de treinos pesados. Sugiro usar mão de todos os métodos de treinamento disponíveis, como: super-set, bi-set, treinamento excêntrico, drop-set, intervalo reduzido etc., para estimular todas as variáveis fisiológicas e, com isso, proporcionar condições de evolução do desempenho e manutenção dos resultados.

Mais uma vez reforço a conduta do “Menos é Mais”. Não adianta treinar exaustivamente de maneira contínua e colocar em xeque todo o resultado conquistado. A experiência do treinamento permite utilizar os recursos com sabedoria e extrair do nosso corpo o que ele tem de melhor para, com isso, alcançarmos níveis elevados do desempenho.

Portanto, para que você alcance sua melhor performance, ou até mesmo consiga o físico desejado, converse com seu treinador para que, juntos, organizem a melhor estratégia de treinamento, de maneira que se treine com qualidade, mantenha seus ganhos e não se exponha a riscos de lesões, overtraining ou danos ao organismo.

Forte abraço, e bons treinos!

Prof. Esp. Fábio Mendes Gomes Caliaro
Graduado em Educação Física pela UFJF
Pós-Graduado em Musculação e Treinamento de Força pela UGF
Personal Trainer - Tel: (32) 9916-3682 / CREF 010907-G/MG

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *