Musculação para idosos

Senior Doing Push-Ups with His Trainer

Imagem: Reprodução / ForLife Academia

Olá, Caros Leitores! Inicio este artigo afirmando que “nunca é tarde para praticar o treinamento com peso”. Graças ao avanço das pesquisas científicas no campo da atividade física, a cada dia se torna mais evidente os benefícios que ela proporciona aos seus praticantes.

Muito popular entre os jovens, a musculação ganha espaço na vida do público com mais de sessenta anos e esse, por sua vez, já colhe os frutos de um programa de treinamento com pesos direcionado. Com o passar dos anos, mais e mais idosos adotam a musculação em sua rotina de vida.

Pesquisas comprovam que, após os 30 anos, estima-se que a perda da força seja de 1% ao ano até os 60 anos; de 15% por década, entre os 60 e 70; e, daí em diante, 30% por década (Kraemer et al, 1996). Após os 35 anos de idade ocorre perda de massa muscular de 2,3kg a 3,2kg por década (Fleck, Steven, Roberto, 2008). Com isso, o aumento de peso é iminente. Concomitante ao ganho de peso corporal, a redução da força afetará significativamente o nosso cotidiano, fazendo com que simples tarefas diárias, como arrumar casa, subir escada, entre outras, se tornem atividades desgastantes de alto grau de dificuldade.

Diante desses fatos, a musculação entra como forte aliada no combate aos processos degenerativos do envelhecimento. Em um estudo de Fiatarone (et al, 1990), um grupo de homens e mulheres com idades entre 87 e 96 anos foi submetido a oito semanas de um programa de treinamento de força e, ao final, apresentaram aumentos significativos na força e no volume muscular, levando à melhora do condicionamento físico e saúde (Fleck, Steven, Simão, Roberto, 2008).

musculação para idosos - rep treino em foco

Imagem: Reprodução / Treino em Foco

Podemos mencionar, ainda, outros benefícios da musculação para idosos:

- Melhora da velocidade de reação e controle corporal, diminuindo riscos de quedas;

- Aumento na densidade mineral óssea, retardando o processo de osteoporose;

- Redução da pressão arterial;

- Diminuição da frequência cardíaca em repouso;

- Aumento do gasto calórico basal;

- Melhora da autoestima, entre tantos outros.

A atividade física, seja ela qual for, quando bem orientada, só traz benefícios, independente da idade. Cabe a nós nos conscientizarmos para inserir a prática regular de exercícios físicos como hábito de vida e, com isso, colhermos os frutos de uma terceira idade saudável e ativa.

O treinamento de força espera por você em qualquer época da sua vida.

Forte abraço, e bons treinos!

Prof. Esp. Fábio Mendes Gomes Caliaro
Graduado em Educação Física pela UFJF
Pós-Graduado em Musculação e Treinamento de Força pela UGF
Personal Trainer e Sócio-Proprietário da Hyperion Assessoria Esportiva
Tel: (32) 9916-3682 / CREF 010907-G/MG

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *