Musculação x Aulas Coletivas para o processo de emagrecimento

musculação x aulas coletivas jump - rep doutíssima

Jump (Imagem: Reprodução / Doutíssima)

Olá, Caros Leitores. Quando o assunto é emagrecimento e perda de gordura corporal vem à cabeça algumas dúvidas comuns: ‘Qual atividade praticar para que se consiga tal resultado?. ‘Devemos priorizar a rotina de musculação?’. Pois bem, se levarmos em conta apenas o gasto energético da atividade, aulas coletivas como JUMP, CICLISMO INDOOR, RUNNING CLASS, KANGOO JUMP, GINÁSTICA e tantas outras opções oferecidas pelas academias, tem um peso maior se comparadas à planilha de musculação, porém uma série de treinamento com pesos bem feitas e com intensidades mais altas proporcionam um gasto energético tão elevado quanto.

Aulas coletivas possibilitam maior socialização, descontração e divertimento durante a prática, e a musculação oferece suporte para que os músculos, tendões e articulações suportem as altas intensidades impostas nesses exemplos de atividades. Além disso, a musculação possibilita o aumento de massa muscular – o que promove um aumento de gasto energético basal, que, a longo prazo, contribui para a redução do percentual de gordura corporal.

musculação x aulas coletivas step - rep companhia athletica

Ciclismo indoor (Imagem: Reprodução / Companhia Athletica)

Ambos podem e devem ser utilizados pelo treinador na hora de programar o treinamento do aluno. Mais do que otimizar os resultados, irá proporcionar dinamismo e adesão ao programa de exercícios, e aperfeiçoar as capacidades físicas em um todo. Contudo, o treinador deve estar atento às limitações e condições físicas de cada praticante, uma vez que cada modalidade de aula exige uma valência física distinta. Correr, pedalar, saltar, agachar, levantar, pular, empurrar – todas essas ações devem ser abordadas gradualmente no processo de desenvolvimento do aluno, de forma que ele evolua em segurança e sem comprometimento da sua integridade física.

Emagrecer não significa malhar compulsivamente; e sim saber dosar atividade física, alimentação e descanso de qualidade. Nosso corpo precisa compreender que o aumento do gasto energético e a diminuição da ingesta calórica será uma condição permanente. Dessa maneira, todo nosso metabolismo se adaptará à nova condição e a ‘gordurinha’ irá diminuindo gradativamente.

Portanto, faça bom proveito de tudo que sua academia pode lhe oferecer e converse com seu trainer para que ele incorpore algumas aulas coletivas em sua rotina de exercícios – com certeza você só terá benefícios. Escolha aquela que melhor combina com seu estilo e mãos à obra. Ficar parado… Jamais!!!

Forte abraço, e bons treinos!

Prof. Esp. Fábio Mendes Gomes Caliaro
Graduado em Educação Física pela UFJF
Pós-Graduado em Musculação e Treinamento de Força pela UGF
Personal Trainer e Sócio-Proprietário da Hyperion Assessoria Esportiva
Tel: (32) 9916-3682 / CREF 010907-G/MG
* Imagem de capa: Kangoo Jump (Reprodução / Tua Saúde)
** Referências: GENTIL, Paulo, 2014 – Bases Científicas do Treinamento de Hipertrofia

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *