O QUE VI E VIVI: 2ª Maratona da Bahia e 1ª Maratona do Espírito Santo

* Sidnei Barbosa dos Santos, 44 anos, atleta Becton Dickinson Team

Num final de semana muito quente, onde as regiões Sudeste e Nordeste registraram altas temperaturas, foram realizadas a 1ª Maratona do Espírito Santo e a 2ª Maratona da Bahia – porém, as provas infelizmente foram distintas nos aspectos mais importantes aos corredores e acabaram marcando de modo negativo o que era para ser uma festa do esporte com a realização de dois grandes eventos em capitais fora do eixo Rio-São Paulo.

2014.08.24_maratona_bahia-MDP14MBA6616

Adelson Santos e Sidnei Barbosa na Maratona da Bahia (Foto: arquivo pessoal)

A Maratona da Bahia, organizada pela Latin Sports, transcorreu com poucos detalhes a serem observados, mesmo com a mudança do percurso imposta pela Prefeitura de Salvador a 48 horas do evento, que foi um sucesso e reuniu um número maior de participantes em relação ao ano passado. A largada reuniu milhares de atletas no Jardim de Alah e prosseguiu pelas principais vias da capital baiana. Entre os favoritos da prova, Marcio Barreto conseguiu imprimir um bom ritmo, concluindo os 42km em 2:30:30 – quase dois minutos melhor que a antiga marca de Ronaldo Santos Menezes, no ano passado. José Pereira da Silva chegou na segunda colocação e Alan de Oliveira completou o pódio no terceiro lugar. Um dos principais candidatos ao título, Sivaldo Viana, campeão da Maratona de Santa Catarina na semana passada, ficou em quarto lugar.

Já entre as mulheres, Adriana da Silva confirmou o favoritismo com o tempo de 3:12:29, numa vitória apertada sobre Carla Barbosa Guimarães, que chegou menos de um minuto depois. Cláudia da Silva completou o pódio.

Superando uma lesão na panturrila

Após duas semanas de tratamento intensivo com o fisioterapeuta especializado em esportes, Vinício Lazarinno, consegui correr os 42km da prova baiana praticamente sem dores, porém, o forte calor e a falta de treinamento de fortalecimento muscular na perna afetada cobraram seu preço por volta do km 37, onde meu ritmo caiu e a musculatura das pernas ficaram mais pesadas, mas não comprometeram meu resultado final.

Para o baiano Adelson Pinto dos Santos, 28 anos, foi uma emoção completar sua primeira maratona, principalmente por ser na sua cidade natal, Salvador.

Maratona do Espírito Santo: Faltou respeito aos corredores

Correr uma maratona não é uma tarefa nada fácil – exige muito treinamento e preparação psicológica também. Os atletas são colocados à exaustão e, por isso, precisam de mais atenção nos detalhes, como hora da largada e hidratação, pois podem comprometer não somente o resultado do evento como comprometer de modo até trágico a saúde do maratonista. A mesma preparação que os atletas fizeram para a estreia da Maratona do Espírito Santo não ocorreu pelo lado da organizadora Espírito Sports & Marketing, onde ocorreu de tudo: largada em atraso e falta de água entre os km 21 e 33, ou seja, atletas ficaram até 12km sem hidratação, comprometendo de modo definitivo o evento capixaba.

Andrea Costa ES

Andréa Costa na Maratona do Espírito Santo (Foto: arquivo pessoal)

Para a professora Andréa Costa, 31, que foi de Belo Horizonte a Vitória somente para a corrida, a largada às 7h30 foi muito tarde, a temperatura já estava acima de 27ºC e depois foi só piorando. “Fiquei 13km sem hidratação. Vi alguns ciclistas e moradores tentando ajudar os maratonistas. Foi lamentável, um desrespeito conosco. Na chegada, um kit lanche com uma banana e uma maçã. O isotônico também tinha acabado. Foi uma prova onde os componentes externos falaram mais alto que nossa preparação, e isso acabou dando muito errado”, avaliou.

Resultados da prova

Masculino: Jonilson Pinto Prates (1º, 02:33:53), Osiel Pereira Clemente (2º,  02:41:03) e Antônio Duarte dos Santos (3º, 02:42:12)

Feminino: Roseli Viana Elias (1º, 03:17:30), Patricia Moraes (2º, 03:34:45) e Katia Cristina Antônio (3º, 03:34:45)

6 Comments
  1. Pablo Almeida e Castro
    Agosto 28, 2014 | Responder
    • Sidnei Barbosa dos Santos
      Agosto 29, 2014 | Responder
  2. Andréa Costa
    Agosto 30, 2014 | Responder
    • Sidnei Barbosa
      Setembro 16, 2014 | Responder
  3. Setembro 9, 2014 | Responder
    • Sidnei Barbosa
      Setembro 16, 2014 | Responder

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *