Pedal Ecológico Benfica reúne ciclistas da Zona Norte

O grupo, que começou como brincadeira de amigos, está cada vez maior na região

Há pouco mais de um ano, um grupo de entusiastas do ciclismo tem ajudado a movimentar o esporte na Zona Norte com seus passeios nas noites de terça e quinta-feira ou, principalmente, nas manhãs de domingo pelos bairros da região. Baseado no lema “roupa suja e alma limpa”, o Pedal Ecológico Benfica tem o objetivo principal de oferecer qualidade de vida através da atividade física, fazendo dela uma excelente oportunidade de lazer e confraternização entre amigos e quem mais quiser se exercitar.

Intitulado presidente simbólico da equipe, o coordenador de produção Janderson Moura faz questão de deixar claro que o grupo não possui fins lucrativos. “Começamos a andar de bicicleta de brincadeira e isso acontece até hoje, só que de uma forma um pouco mais organizada”, brinca, ressaltando a união dos mais de cinquenta integrantes em várias atividades, que são abertas, inclusive, aos familiares, filhos e amigos dos participantes.

Amigos ciclistas se reúnem toda semana (foto:  Divulgação/Benficanet)

Além de passeios por cachoeiras e pontos turísticos da região, o Pedal Ecológico se orgulha por suas iniciativas sociais, como a arrecadação de brinquedos para crianças carentes no último natal. “Esse é um grupo novo, mas que tem a expectativa de fazer muita coisa legal. Temos uma tenda para dar apoio aos ciclistas com água e isotônicos, e a idéia é essa: agregar outros participantes e crescer cada vez mais. Já fomos até Ibitipoca e, em breve, vamos com a galera para Tiradentes”, completa Janderson, destacando a importância dos equipamentos de segurança para a tranquilidade nas trilhas e no asfalto. Ambiente mais que agradável

Para o especialista de sistemas de segurança Américo Jansegers, no grupo há seis meses, muitas pessoas se interessam pelo Pedal por causa do crescimento na procura por hábitos saudáveis. “Chama atenção sim e é bem legal essa reunião. A gente também se encontra no final de semana, vai para a casa de um e de outro, assa uma carne, joga conversa fora e fica contagiado no nosso ambiente, ainda mais porque todos são muito agradáveis”

.
O comerciante Elzenir Leonardo destaca que a maioria dos integrantes não são atletas e buscam nos passeios ciclísticos uma alternativa para se livrar do estresse e da tensão do dia a dia. “Todo mundo trabalha, dá um duro danado, mas consegue se alegrar junto, no final de semana. A gente se reúne para decidir o lugar mais legal, e o que mais importa para nós é o visual durante a trilha, independente da distância”.

Domingo é dia de trilhas maiores e com belas vistas (foto: Divulgação/Benficanet)

Já o empresário Aldimar Brandão fala de outros benefícios do Pedal. “Amizade, união e família são alguns dos valores que o grupo traz em sua essência, mas há o ganho real para a saúde. Em sete meses de pedalada, perdi 5kg e ganhei qualidade de vida, porque, além de fazer bem para o corpo, também faz para a alma e o coração”, conta.

Pedal Rosa

 
Esposa de Elzenir, a também comerciante Kenia Ferreira lembra outro grupo muito especial, que pretende voltar à ativa nos finais de semana ciclísticos. “É o Pedal Rosa, formado só por mulheres. Mas acabamos desanimando porque, na maioria das vezes, os meninos andam num ritmo acelerado, e não conseguimos acompanhá-los. Eles também não gostam de pedalar com a gente por causa dos passeios de domingo. Estamos sentindo falta e precisamos praticar de novo”, conclui.
 
O “presidente” Janderson Moura garante que essa situação já está sendo discutida pelos rapazes e, em breve, será resolvida. Para saber um pouco mais sobre o grupo, basta acessar a página do Pedal Ecológico Benfica no facebook.
(publicação: Jornal Zona Norte / Rumo Certo)

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *