Pilotos e navegadores querem se superar para alcançar ou manter títulos no Ibitipoca off Road

* Priscila Oliveira ; Foto de capa: Hugo Keyler

Destino garantido para os melhores pilotos e navegadores de regularidade do país e carinhosamente conhecido como o rally mais charmoso do Brasil, o Ibitipoca off Road (IOR) chega à sua 28ª edição em grande estilo, com um final de semana regado à muita aventura e adrenalina no tradicional trajeto entre Juiz de Fora e o distrito de Conceição de Ibitipoca, em Lima Duarte. Iniciado na manhã deste sábado, 05, com recorde de inscritos (460 motos e 72 carros), o evento segue até amanhã, 06, colocando alguns dos grandes nomes do circuito nacional na disputa pelo campeonato em suas categorias.

DSC_0311

Emerson Loth “Bombadinho”, de Curitiba (PR), é bicampeão e atual líder Brasileiro de Enduro de Regularidade e quer garantir título inédito na disputa juiz-forana (Foto: Hugo Keyler)

Líder nacional em busca do pódio em JF

Bicampeão Brasileiro de Enduro de Regularidade e atual líder do campeonato nacional, o paranaense Emerson Loth “Bombadinho” (ProTorck/ KTM Sacramento/ Rinaldi/ OrmaMotos/ R2/ 5inco/ Gaction/ Compass/ Nos) busca um título inédito na prova juiz-forana em sua quarta participação no desafio mineiro – com um detalhe importante: em todas as vezes, ele venceu o primeiro dia pela categoria Master (a principal das motos), mas deixou o troféu escapar no segundo dia. “Dessa vez quero perder no primeiro e ganhar no segundo”, brincou antes da largada. “Com certeza venho para essa prova com intenção de ganhar, mas, na realidade, meu foco principal é o Campeonato Brasileiro. Não posso me machucar numa prova extra-campeonato, então, meu cuidado vai ser muito maior, para sair daqui inteiro. Tenho 29 pontos de vantagem do segundo colocado e ainda tem 50 pontos em jogo até a final da competição, em setembro. Mesmo assim, não posso pensar que o título já é meu. Tenho que manter o foco até o fim”.

Somente na Master, os pilotos vão percorrer mais de 370km entre ida e volta de Juiz de Fora. Para as demais, as distâncias variam de acordo com a categoria, sendo elas Senior, Over 40, Dupla Graduado, Over 45, Junior, Dupla Junior, Over 50, Over 55, Feminino, Novato, Dupla Novato, Dupla Pais e Filhos, e Estreantes.

DSC_0116

Késsia Pires Tristão, de Muniz Freire (ES), viaja mais de 800km na tentativa de garantir o tetra entre as pilotos mulheres (Foto: Priscila Oliveira)

Representação feminina

Tricampeã da categoria Feminina no IOR, a capixaba Késsia Pires Tristão (Sandro Hoffmann Racing/ Stilo Motos Racing/ Imagem Graphics/ASW) alinhou na disputa pela quinta vez, percorrendo mais de 800km especialmente para chegar ao pódio de novo. “Me manter numa modalidade ainda tão masculina é paixão pelo esporte mesmo, porque nem sempre tem categoria feminina. No Espírito Santo, por exemplo, tenho que correr na Novato com outros homens, pois são poucas mulheres e fica difícil abrir a categoria. Aqui em Juiz de Fora, se Deus quiser, vim buscar o tetracampeonato”, destacou.

Cinco pilotos femininas estão inscritas na competição. Para elas e os colegas de algumas outras categorias, a média é de 340km percorridos no trajeto Juiz de Fora – Conceição de Ibitipoca – Juiz de Fora.

DSC_0154

Caio Junqueira e Rodrigo Peternelli: Juiz-foranos campeões em anos anteriores se unem de forma inédita rumo ao 1º lugar da categoria Dupla Master (Foto: Priscila Oliveira)

Parceria campeã no carros e programação de encerramento

Já nos carros, cuja categoria principal também é a Master, e o somatório do primeiro e segundo dias é de 437km, uma dupla juiz-forana lança mão da experiência nos rallys de regularidade para conquistar o lugar mais alto da classificação. Campeão no ano passado ao lado de Marcos Leal e numa outra ocasião pela 4×4 Senior, o navegador Rodrigo Peternelli quer manter o título – dessa vez, numa dobradinha inédita com o piloto Caio Junqueira, campeão na Turismo e Turismo Light em edições anteriores. Eles representam a equipe M8 Rally Club. “Acho que a gente vai correr como sempre corre todas as provas: tendo o mesmo tipo de atenção. Não muda nada. Claro que a vontade de ganhar e manter o título é enorme, e viemos para isso mesmo. O grid está cheio de gente boa; só tem campeão. A disputa vai ser bem legal e acirrada”, avaliou Peternelli.

Graduado, Passeio Pais e Filhos, Turismo e Turismo Light (4×4 e 4×2) completam as categorias das duplas nos carros. Pela programação oficial do evento, a largada de Ibitipoca a Juiz de Fora começa à 7h30 (mesmo horário deste sábado). Tradicionalmente, uma festa de chegada aguarda os participantes e o público em geral, na Faculdade Suprema, a partir de 14h30. Entre as principais atrações estão apresentação de freestyle  motocross com Fred Kyrillos (Equipe Ipiranga), show com Felipe Marques, barracas e stands, além da premiação, prevista para as 19h. A entrada é gratuita.

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *