Ronaldo da Costa, Marco Antônio Cândido e Renis Souza são destaques da 2ª Corrida Rústica em Descoberto

*Reportagem: Priscila Oliveira

Atleta que dá nome ao evento, Ronaldo da Costa percorreu o trajeto de 6km e foi o 23º colocado, com 28min25s (Foto: Hugo Keyler/Rumo Certo)

A chuva até prometeu, mas não caiu. E a manhã do último domingo, 15, no pacato e acolhedor município de Descoberto, foi movimentada pela segunda edição da Corrida Rústica Ronaldo da Costa. Grande atração do evento, o mineiro que quebrou recorde na Maratona de Berlim (Alemanha), em 1998, fez jus à homenagem e recepcionou a todos com carinho e gentileza. Largou em meio aos participantes dos trajetos de 10km e 6km, concentrados na Praça Sebastião Teixeira Lopes Lima, e aproveitou a prova não só para passar o final de semana na terra natal, mas para matar a saudade da família e dos amigos.

“Fico muito feliz de retornar aonde tudo começou. Foi nessa praça, em 1987, às 16h, no dia 30 de maio. Naquela época, a corrida aqui tinha mais ou menos 50 atletas e, dessa vez, foram 200, ou seja, quatro vezes mais. Hoje, as pessoas buscam qualidade de vida, o que é muito importante. Para quem quer alto rendimento, tem que ter tempo para treinar, porque senão você não chega lá”, salientou Ronaldo. Orgulhoso, o descobertense acrescentou: “Fiquei muito feliz de rever a família, os amigos. A corrida vai melhorar cada vez mais, porque tem tudo para crescer. Estamos recebendo atletas de toda a região, o que é muito bom. Esse é um esporte democrático e o importante é participar, independente de ser campeão ou não. Viajo o país todo a trabalho, mas já vou colocar a prova do ano que vem no meu calendário”.

Campeões

Na percurso principal, Marco Antônio Cândido (Nativos), mais conhecido como “Catiço”, levou a vizinha Rochedo de Minas ao topo do pódio geral, após cruzar a linha de chegada aos 36min16. “Foi a segunda vez que corri aqui. Fui 7º colocado no ano retrasado e agora, 1º. Prova muito bem feita, percurso muito bom. Não costumo treinar por aqui e foi tudo uma novidade, porque o trajeto de 2017 era outro. Foi tudo diferente, mas liderei a prova o tempo. Fui olhando para traz, vi que não tinha ninguém e só mantive o ritmo até ganhar”, ressaltou o campeão.

Atleta de Rochedo de Minas e representante local foram os melhores do percurso principal, de 10km (Foto: Hugo Keyler/Rumo Certo)

Leandro de Paula (Velozes e Furiosos), Wagner de Paula (Nativos), Alex Leles (Pira Runners) e Matheus Moratório (Guarani Runners) completaram os cinco primeiros lugares masculinos dos 10km. Entre as mulheres, o título ficou com a atleta local Renis Souza (Velozes e Furiosos), que cravou 48min01s. “Com certeza, correr em casa é muito mais gostoso. Acho que, por ser da cidade, a prova ficou mais fácil para mim, porque treinei no percurso várias vezes. Estava cronometrando meu tempo e pensando as estratégias para os lugares mais difíceis. Correr na própria cidade é muito bom, porque a gente tem torcida e acaba sendo incentivada a dar o nosso melhor e a apresentar um tempo melhor. Ajuda muito”.

Simone Santos, Ana Cristina Marciano (Ultraleve Bicas), Márcia Machado (Ultraleve Bicas) e Alessandra  Luzia Pires (Nativos) foram premiadas entre a segunda e quinta colocações. Já nos 6km, quem puxou a classificação foi Elizeu Lopes (Nativos, 20min37s), seguido de Rodrigo Cesário Agostinho (Pira Runners), Rafael de Matos (Nativos), Reginaldo Silva Ramos (Paixão por Corrida) e Fagner Lage (Nativos). Na categoria feminina, o título ficou com Jade Girardi (26min43s), que subiu no pódio ao lado de Ana Cláudia Oliveira (Vem Correr Comigo), Letícia Gonçalves (Vem Correr Comigo), Mariana Xavier e Lediana Aparecida de Faria (Velozes e Furiosos), respectivamente.

Cerca de 200 atletas participaram da programação. Em 2020, Descoberto passa a integrar o Ranking G10 Zona da Mata (Foto: Hugo Keyler/Rumo Certo)

Rumo ao G10

Coordenadora do CRAS de Descoberto e responsável por toda a programação, Sayonara Fortunato ficou orgulhosa com o resultado final do evento. “Ficamos muito felizes e satisfeitos. Foi a primeira vez que assumimos a programação total da corrida, mas alcançamos os objetivos, tanto na operação e execução quanto na nossa principal meta, que é agregar pessoas, trazer o Ronaldo à cidade natal dele novamente e envolver a população no esporte, porque isso acaba sendo um incentivo. Acreditamos que, ano que vem, outros moradores participarão da prova. Em geral, o saldo é muito positivo”. Veja as fotos!

Realizada dentro das comemorações pela emancipação de Descoberto, que acaba de completar 66 anos, a atração promete ser uma das grandes novidades do circuito regional em 2020. “Ano que vem Descoberto estará no Ranking G10 Zona da Mata. Pela data que estamos prevendo, 13 de dezembro, seremos a última etapa. O aniversário do município é dia 12, então, optamos por padronizar o evento sempre no segundo domingo do mês, para aproveitar o período de festa na cidade. Com o G10, teremos um padrão a seguir e esperamos mais atletas ainda na terceira edição”, finaliza.

CLIQUE AQUI para acessar os resultados da 2ª Corrida Rústica Ronaldo da Costa.

* O Rumo Certo é a mídia oficial de divulgação e cobertura fotográfica deste evento e do Ranking G10 Zona da Mata.

 

 

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *