#RumoÀTocha: Paratleta Felipe de Souza Lima

* Priscila Oliveira; Foto de capa: arquivo pessoal

felipe chácara - hugo keyler

Felipe de Souza Lima participa de corridas de rua há mais de quinze anos (Foto: Hugo Keyler)

Atleta cadeirante com muita garra, perseverança e orgulho. É assim que podemos definir, em partes, o que o juiz-forano Felipe de Souza Lima (Clube Bom Pastor) simboliza não só para si mesmo, mas para todas as pessoas que cruzam seu caminho, seja nas corridas de rua (paixão que alimenta desde criança e já lhe concedeu vários títulos na então categoria Portador de Necessidades Especiais; atualmente denominada PCD – Pessoas com Deficiência), nos estudos (durante toda a sua formação no curso de Educação Física) ou em qualquer outra oportunidade.

Com 25 anos, ele é uma das dezenas de pessoas que terão a honra de conduzir a Tocha Olímpica por Juiz de Fora, no próximo domingo, 15. Para o paratleta, o processo de seleção foi gratificante e cheio de surpresas. “Quando me inscrevi, teria que ser indicado por alguém e pedi ao meu primo para fazer isso. Dois meses depois, recebi uma ligação da Coca-Cola pedindo para eu confirmar meus dados, pois minha história tinha sido pré-selecionada na promoção ‘Isso é Ouro’. Fiquei surpreso porque não esperava que isso fosse acontecer. É uma mistura de sensações: felicidade, emoção e ansiedade”, conta.

felipe e eny - hugo keyler

Apoio da mãe, dona Eny, será retribuído com revezamento às vésperas do aniversário dela (Foto: Hugo Keyler)

Uma semana depois, outra grata surpresa. “Recebi um e-mail do Bradesco dizendo a mesma coisa, que minha história foi pré-selecionada para o Revezamento da Tocha Olímpica Rio 2016. E minha felicidade, emoção e ansiedade dobraram de tamanho. Sem falar que será antevéspera do aniversário da minha mãe (dona Eny Martins). Darei esse presente para ela, que vai conduzir minha cadeira de rodas no Revezamento”.

‘Aguenta, coração’

Nesta quarta-feira, 11, o ‘Fogo Olímpico’ segue pelos municípios mineiros de Datas, Serro, Guanhães e Governador Valadares. Na sexta-feira, 13, representantes do Comitê Olímpico chegam a Juiz de Fora para oficializar a lista dos condutores e todas as informações referentes ao Revezamento na cidade, que está previsto para começar no final da tarde de domingo, após passar por São João del-Rei, Tiradentes e Barbacena.

Contando os segundos até o grande momento, Felipe não se contém. “Minha expectativa é uma das melhores possíveis. Tenho me preparado quase com a mesma rotina de treinos porque, querendo ou não, preciso conduzir a Tocha por 200 metros correndo. Estou muito emocionado, muito feliz e contente. Até brinco: ‘Aguenta, coração!’. Já sei que vou conduzir a ‘Chama Olímpica’ na Avenida Presidente Itamar Franco (altura do número 1533, bairro São Mateus), a partir de 18h04. A cada notícia na imprensa eu fico mais ansioso para chegar logo”, enfatiza.

Por fim, o desejo dele é poder compartilhar essa história. “Espero que a rua esteja lotada pela população de Juiz de Fora, meus amigos e familiares”.

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *