Triatletas juiz-foranos encaram o Ironman Florianópolis

* Letícia Moraes (Assessoria Vidativa); Foto de capa: Divulgação / Vidativa

claudia_scaldini_XTerra 2013 - Arquivo Pessoal

Claudia Scaldini está pronta para estrear na prova (Foto: arquivo pessoal)

No próximo domingo, 31, os triatletas da Vidativa Consultoria Esportiva, Cláudia Scaldini, Bruno Alvim, Gabriel Galil, Hayslan Fernando, Hugo Amaral, Rafael Bellei e Thiago Alvim competem no maior evento de triathlon do mundo. A etapa de Florianópolis (SC) do circuito Ironman já se consolidou no cenário mundial e vai contar com a presença de mais de 2 mil atletas nacionais e internacionais, que encaram um percurso desafiador, com 3,8km de natação, 180,2km de ciclismo e 42,2km de corrida.

Presença feminina

Única mulher da turma e estreante na prova, Cláudia Scaldini começou a se preparar para a disputa em janeiro. “Por ser meu primeiro Iron não tenho muita expectativa quanto a tempo e não quero ir com essa pressão. Quero conhecer os percursos e me sentir bem, fazer uma prova dentro do que treinei. Acho que estou preparada para isso”, revela.

Para ela, a rotina de treinos é puxada e exige muita dedicação. “Esse período todo do treinamento foi muito bom, até para autoconhecimento. No início, via os meninos da equipe comentando sobre os treinos que estava por vir: ‘180km de bike’, ’30km de corrida’… e pensava: ‘Como vou fazer isso?’. Esses dias foram chegando e fui vendo que dava para fazer – uns dias mais sofridos, outros menos. É difícil conciliar uma rotina de treino para Iron com o dia a dia de trabalho. Tive semanas em que não consegui treinar quase nada, mas, em outras, encaixei todos os treinos”.

Scaldini acredita que também deve enfrentar períodos de altos e baixos na prova, mas antecipa que eles serão encarados como muita força psicológica. “Independente do resultado, o Iron já me trouxe muitos aprendizados”, complementa.

Clique AQUI para saber mais sobre o Ironman Florianópolis.

Hugo Amaral 2 - Divulgação VidAtiva (1)

Hugo Amaral volta ao circuito na companhia de vários alunos (Foto: Divulgação / Vidativa)

Treinador-triatleta

“O Ironman exige muita dedicação a longo prazo”. É assim que o triatleta Hugo Amaral define sua preparação. Ele fez seu último Ironman em 2013 e, desde então, vem treinando para essa etapa de Florianópolis. Treinador de todos os outros atletas da equipe que participam da prova e produtor de eventos esportivos, ele também busca conciliar várias atividades. “Minha maior dificuldade é ajustar meus horários de trabalho, que não são fixos, com o treino. Tem dia que deixo de treinar para trabalhar, principalmente durante a semana anterior e no dia dos eventos que organizamos. Mas o mais complicado mesmo é conseguir ter um bom período de descanso, porque nossa demanda de treino, energia e esforço é muito grande, e a gente não consegue descansar o suficiente, como um atleta profissional consegue”, explica.

Segundo Hugo, participar da prova junto com seus atletas é um dos aspectos mais inspiradores. “Estou na expectativa total com os meus alunos, pois eles estão muito bem preparados. Os estreantes estão prontos para começar com o pé direito. Já quem fez a prova no ano passado (Rafael Bellei e Hayslan Fernando) tem condição de melhorar muito agora. Para mim, vai ser sensacional competir ao lado deles. Cruzar com eles durante a prova vai ser uma motivação a mais”, finaliza empolgado.

Torcida organizada

Além da confraternização entre os atletas na prova, os representantes da Vidativa ainda vão contar com o apoio de familiares, amigos e outros alunos, que seguem para o Ironman na capital catarinense especialmente para torcer pela equipe.

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *