Ultramaratonista Vanderson Luiz se prepara para a tradicional Comrades, na África do Sul

* Reportagem e foto de capa: Priscila Oliveira/arquivo Rumo Certo

vanderson luiz meia

Sargento do Exército, atleta é o atual campeão Brasileiro de Ultra 24h (Foto: Hugo Keyler/arquivo Rumo Certo)

Uma preferência especial por corridas acima de 42km, as chamadas ultramaratonas. Natural de Ubá, mas com residência fixa em Juiz de Fora, onde é sargento do Exército, Vanderson Luiz, de 44 anos, lembra que sua incursão no esporte começou em 1996, na modalidade pentatlo militar, mas foi dez anos depois que descobriu as ultras. “Fiz uma prova de 82km em Florianópolis (SC). Tive uma pequena participação no triatlo e completei duas provas do Long Distance, em Pirassununga (SP), em 2007 e 2008, além de dois meio Ironman. Em 2010 fiz aquela que considero minha primeira ultra de verdade: 100km em Cubatão (SP), em abril, e, em novembro, estava correndo minha primeira ultra de 24h, em Campinas (SP)”, conta.

Num percurso de 2.700m, Vandinho (como é mais conhecido entre os colegas) percorreu mais de 200km e, logo na estreia, conseguiu alcançar o terceiro lugar no pódio. Apenas um ano após iniciar na modalidade, o atleta sagrou-se campeão Brasileiro de Ultramaratona, com a marca de 222,5km. Nos dois anos seguintes já havia concluído 10 disputas nesse estilo, sendo metade de 24h. “Apesar dessas provas acontecerem todos os anos, como ainda não houve o segundo Campeonato Brasileiro com homologação da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt), ainda sou o primeiro e único Campeão Brasileiro de Ultramaratona de 24h”.

Rumo à Comrades

Entre os desafios mais recentes, o ubaense encarou a sempre concorrida maratona XC Run Búzios, no litoral do Rio de Janeiro, em outubro do ano passado. De lá para cá, os focos estão exclusivamente direcionados para o asfalto, afastando qualquer possibilidade de lesão em provas ou treinos em trilhas. Isso porque, Luiz se prepara para realizar um sonho de qualquer ultramaratonista: participar da Ultramaratona Comrades, que acontece desde 1921 e é considerada a maior do mundo. A corrida, de aproximadamente 89km, deve reunir 20 mil atletas entre as províncias de Pietermaritzburg e Durban, na África do Sul, no dia 10 de junho.

vanderson luiz 3

Foco dele agora está na maior e mais tradicional ultramaratona do mundo, em junho (Foto: Hugo Keyler/arquivo Rumo Certo)

“É a minha primeira participação na prova – inclusive, será minha primeira participação em provas fora do Brasil. A Comrades é a ultramaratona mais antiga do mundo! Será muito especial, porque é o sonho de qualquer ultramaratonista vivenciar essa experiência”, destaca.

Com inscrição garantida, passaporte providenciado e grande disciplina para conciliar os treinos com o trabalho, Vanderson ainda precisa concluir uma maratona em até 5h para se qualificar de vez para a corrida sul-africana, o que ele programa ainda neste mês de abril. Como se isso não bastasse, o ultramaratonista ainda corre contra o tempo para arrecadar fundos. “Estou em busca de patrocínio, tentando minimizar os gastos, que são muito grandes – ainda mais em se tratando de uma prova fora do país. Preciso arcar com inscrição, passagens aéreas, hotel, alimentação, vestuário etc.”.

Gratidão

Na oportunidade, o corredor agradece aos educadores físicos Rogério Tasca Nunes e Guilherme Matta pela parceria e amizade. O primeiro, por ajudá-lo no tratamento alternativo para uma séria lesão no quadril, que o deixou afastado das ultras entre 2013 e 2015; e o outro, por permiti-lo testar corpo e mente num projeto de mestrado voltado especialmente para ultras.

Exército Brasileiro, Fibratech Academia, Grupo Camilo dos Santos, Marja, Mergulho Academia, Cont Búzios Contabilidade, Planeta Corrida, Shape Suplementos, Instituto Vitória, Erick Brogiolo Consultoria Esportiva, Gabriel Dias Personal Trainer e Priscila Brinati apoiam o atleta.

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *