Uma super ação para a superação

Sente o drama: calor beirando 40ºC e poeira, muita poeira. Fazenda Meia Lua, Jaguariúna (SP). Cidade famosa pelos rodeios. Chega de rodeios! Vamos direto ao assunto… Sexta e penúltima etapa da Mitsubishi Cup, o maior rally cross country do Brasil. Sábado, 17 de outubro de 2015. O piloto juiz-forano Marcelo Mendes – que eu acompanho nas pistas desde 2012 – e o navegador Sidinei Broering (de Rancho Queimado, SC), ambos da equipe Mendes&Mendes Lobo Guará Rally Team, conheciam o desafio que os esperava.

marcelo e sidão mit jaguariúna - dudu mazzei

Sidão Broering e Marcelo Mendes na Mit Jaguariúna (Foto: Dudu Mazzei)

Lembra do calor e da poeira que citei no começo do artigo? Pois é… era apenas uma das dificuldades da dupla para manter a equipe na disputa pelo campeonato da categoria L200 Triton RS, a mais “casca grossa” da Mit Cup. Eles tinham que fazer tudo direitinho para continuar nas primeiras posições e chegar na última etapa, no mês que vem, com chance de levar o título de 2015. Primeira volta, terceiro lugar. A principal dupla adversária ficou em primeiro. Segunda volta, “pé na lata”. Mas, deu “pernas pro ar”. Numa das muitas curvas dos trinta e poucos “km” de cada uma das três voltas dessa etapa, quis o destino que a Triton #23 parasse com o teto no chão. Como o carro é muito seguro e os equipamentos idem, nada aconteceu com os competidores. Pelo rádio, o navegador avisa aos organizadores. Um deles pergunta a ele: “Alguém ferido?”. De pronto, Sidão responde: “Não, só o ego!”.

Volta perdida, mas a etapa não! Desistir? ‘Nam’ não! Hora de uma super ação se juntar à superação! Carro rebocado e levado para os boxes. Hora de quem ora orar. Hora da equipe Ralliart da Mitsubishi mostrar mais uma vez sua eficiência e competência. Mostrou. Serra, corta, remove, desamassa, monta. E retorna a dupla da Triton #23, em menos de 120 minutos de reparos, para a última volta do dia. Imagina superar esse susto e ser mais rápido do que tudo e todos… Recorda do verso “quem sabe faz a hora, não espera acontecer”? Eles fizeram a hora! Sem o para-brisa, mesmo com os óculos de proteção e capacete, luvas, balaclava etc., tinha lama e poeira para matar nos peitos. Mataram a pau! Cravaram o primeiro lugar e, de lambuja, a volta mais rápida de toda a etapa.

Assim, a equipe Mendes&Mendes continua na luta pelo título de 2015 e, com este exemplo de superação, torcer por eles é fácil. Difícil é esperar até 14 de novembro pela decisão do campeonato, marcada para Mogi Guaçu (SP).

Logos dias… Até lá!

Alexandre Dudu Mazzei
Técnico de Mecânica
Proprietário da Oficina MK MUVUKA desde 1986
Fotógrafo e Jornalista
Tel: (32) 8704-3483 / e-mail: alexandremazzei@yahoo.com.br
* Foto de capa: Dudu Mazzei

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *